Inquérito de Geraldo Alckmin para lá e para cá - Terça Livre TV
Eleições 2018Notícias

Inquérito de Geraldo Alckmin para lá e para cá

Alckmin ganha tempo com mudança, mas justiça segue na cola

O Ministério Público Eleitoral não se entende internamente sobre qual deve ser a instância adequada para tocar o inquérito que investiga se Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à Presidência, recebeu recursos ilegais da Odebrecht.

O inquérito que investiga o ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) por receber R$ 10,3 milhões da empreiteira Odebrecht nas campanhas de 2010 e 2014 deve mudar de ‘instância’ pela sexta vez em três meses.

Procuradores eleitorais promovem uma gangorra com o inquérito, ora opinando que ele deve ficar na primeira, ora na segunda instância da Justiça Eleitoral. Um juiz do TRE terá de arbitrar o impasse.

Na prática, isso significa que o inquérito está parado, sem novas investigações desde que deixou o STJ quando Alckmin perdeu o foro.

Fonte: Tarciso Morais – RENOVA Mídia

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Tendo em vista o excelente trabalho feito em SP,confio plenamente em Geraldo Alckmin e sei que isso será logo esclarecido.

  2. Esta é apenas uma das denúncias por corrupção. Não se esqueçam do escândalo do metrô, da máfia da merenda, dos desvios na obra do rodoanel. Não é a toa que todos os partidos fisiológicos e corruptos estão se aliando a Alckimin e desde já loteando o governo para perpetuar a corrupção generalizada.

  3. Eu vou votar e Geraldo Alckmin, pois deixou um legado de trabalho no estado de São Paulo que será aproveitado por muitas gerações.

  4. Corrupto, não vejo a hora dele e a corja do PSDB serem presos!!! NÃO PODEMOS TER CORRRUPTOS DE ESTIMAÇÃO GENTEEE, ACORDA!!!!

  5. O legado do CHUCHU é a polícia falida, mal paga, sem estrutura. De fato, vai levar gerações até isso ser resolvido. De que adianta ter estrada boa se vc é roubado em toda esquina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close