Notícias

Jair Bolsonaro poderá chegar em 2018 como um trem embalado

Por Paulo Eduardo Martins

Mais de duas mil pessoas recepcionaram Jair Bolsonaro no aeroporto de Londrina. Estas pessoas não receberam nada para estar lá, foram espontaneamente.

Nenhum partido tem essa capacidade de mobilização. Partidos se tornaram estruturas obsoletas, servem aos caciques, são fechados ao povo, enquanto ao povo Bolsonaro vai de peito aberto.

Nessas posturas, Jair não precisa de nada que os partidos possam lhe oferecer, a não ser o registro. Já os partidos, esses precisam de tudo que o Capitão Deputado tem: respeito do brasileiro trabalhador, votos e conexão com o sentimento da sociedade.

O establishment político-intelectual, o mesmo que descarrilhou o Brasil, insiste em ignorar Jair Bolsonaro. Aliás, não só a Jair. O establishment costuma ignorar ou desdenhar de tudo que está fora dele, como um trem impávido que segue a rota e ignora a paisagem. Pior para o establishment.

Ignorado, o povo renega o papel de paisagem, encontra amparo em Jair Bolsonaro e começa a traçar uma rota própria para alcançar o poder.

Assim, Jair poderá chegar em 2018 como um trem embalado para atropelar todos aqueles que estão fora dos trilhos, aos que nos trilhos estão paralisados e também aos que virão em sentido contrário à sua rota.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Close