MundoNotícias

Jornal italiano chama esquerda brasileira de ridícula

Nesta terça-feira (9), a jornalista Andrea Morigi, publicou uma matéria ridicularizando a esquerda brasileira no jornal italiano Libero Quotidiano.

O texto foi liberado para o site Alleanza Cattolica, mas há afirmações importantes que demonstram como o italiano está enxergando o Brasil e suas eleições:

“O triunfo inesperado reacionário não só parou o candidato socialista Fernando Haddad em 29,24%, mas também seus mais conhecidos colegas de partido, esmagado na eleição geral, entre eles o ex-presidente deposto em 2016, Dilma Rousseff, terminou em quarto na sua circunscrição do Estado de Minas Gerais com pouco mais de 15%.”

(…)

Os vermelhos ainda têm de recuperar do choque e os seus líderes e apoiadores não será fácil de digerir a vitória de Eduardo Bolsonaro, de 34 anos, filho do candidato presidencial, que se tornou o mais votado vice-adjunto da história do Brasil, com mais de 1,8 milhões de preferências no Estado de São Paulo. Além de Eduardo, seu irmão de 37 anos, Flavio, também foi eleito para o Congresso, obtendo facilmente um dos postos vagos do Senado no Rio de Janeiro, com mais de 4 milhões de votos.

A jornalista ainda se esforça para demonstrar que o exagero no ativismo midiático no Brasil é muito nítido:

“A única ferramenta de propaganda que os camaradas brasileiros têm é a ineficaz e contraproducente da demonização do adversário, retratada como “a candidata da ultra-direita”. O abuso jornalístico do termo, por enquanto, inclui tudo o que não está longe e se tornou uma faca de dois gumes.”

Matéria do Libero Quotidiano

Ver mais

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Artigos relacionados

16 Comentários

  1. Esbórnia dentro do petêta: apedeutas X pés – raspados, sendo manipulados por integrantes de outros países, extorquir brasileiros. O P.erda T.otal , queria transformar o Brasil em um grande estado de ficção da qual todo mundo se esforça para viver à custa de todo mundo.
    XÔ 13!
    Hadadd # ele não! Fora!

    ¨¨
    BOLSONARO SIM 17.

  2. Em Portugal (até obde pude apurar) os jornais que estão claramente praticando esse exagero mencionado acima são:
    DIÁRIO DE NOTICIAS
    CORREIO DA MANHÃ
    JN

  3. O p/t tem novos donos: hadadd com manuela.
    Deram o golpe mortal _politicamente em lula, e são os novos donos do p/t.urbados.
    #Eles não.
    JAIR SIM. 17.

  4. Os jornais esquerdistas franceses copiam e colam as mentiras da imprensa brasileira contra Bolsonaro. Os comentários dos leitores são absurdos, eles acham que os brasileiros adoram Lula e o PT!

  5. Os jornais franceses, copiam os comentários dos falsos intelectuais e artistas _ “_groubais”- irritados com a extinção da lei Rouanet.
    São os escárnios ,aqueles que pregam a futilidade, agindo de má fé.
    Pregam a falsa liberdade confundindo com a libertinagem.
    Traem o Brasil. Apátridas. Discípulos do tal george soros, incitadores de discórdia, abusadores dos valores morais.
    Ou seja: os DESNECESSÁRIOS do Brasil.
    # p/t não mais.
    XÔ adadi.

  6. Matéria tendenciosa. O articulista esquece, ignora ou omite as inúmeras matérias publicadas em jornais estrangeiros apontando para o risco do Bozonaro.

  7. Bard Toad All, então toda a imprensa, mesmo a internacional, tem que ser uníssona? Não pode ter uma voz discordante? Quão fascista é isso, naum?!

    Pergunta: por que esses outros jornais estrangeiros não comentam uma linha se sequer do verdadeiro risco, que é o plano de governo (fascista) do PT???

  8. Matéria tendenciosa>>>>>> Matéria verdadeira: Além das cidades brasileiras, ao menos 12 outras cidades, principalmente na Europa, registram atos semelhantes.”…há manifestações na Alemanha, em Berlim e Bonn; na Itália, em Milão; na Holanda, em Haia e The Hague; na África do Sul, em Cidade do Cabo; na Hungria, em Budapeste; no Líbano, em Beirute; na Irlanda, em Dublin; na Espanha, em Barcelona e Santiago de Compostela; na França, em Paris; e Argentina, em Buenos Aires. ………Busquem no Google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close