Juiz baiano quer que Bolsonaro explique indicação do filho para embaixada dos EUA



O juiz da 1ª Vara Federal da Bahia, André Jackson de Holanda Maurício Júnior, intimou o presidente Jair Bolsonaro e seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) a explicarem a indicação de Eduardo ao cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

A despacho foi assinado na segunda-feira (29/7) e os dois têm cinco dias para se manifestarem.

A decisão é baseada  em uma ação popular do deputado federal Jorge Solla (PT-BA), que alegou que a indicação caracteriza crime de nepotismo por parte do presidente e que foi acatada pelo juiz.

“O ato que está na iminência de ser praticado trata-se de nítido caráter de violação aos princípios da impessoalidade e moralidade administrativa, evidenciando o caráter despótico da iminência do ato”, diz trecho da ação.

Ainda conforme a ação do deputado petista:

“O próprio Supremo Tribunal Federal indicou que um dos critérios objetivos para se definir a incompatibilidade da nomeação, à luz da já 13 Súmula, é a demonstração de “relação de parentesco entre a pessoa nomeada e o ocupante de cargo de direção, chefia ou assessoramento a quem estiver subordinada. Assim, a súmula ão pode ser tão facilmente afastada. A vedação ao nepotismo não é mera recomendação constitucional, mas sim verdadeiro mandamento, não devendo ser desprezada”.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

"Cheguei mesmo à conclusão de que escrever é a coisa que mais desejo no mundo" (C.L.) | Jornalista, Católica, 22 anos,

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Tá na hora de mais um ser devidamente investigado no caso desse juiz, fortes indícios de ser mais um Tófilis na Bahia a serviço do PT, ou será que não leu que a indicação de Embaixadores é uma prerrogativa do Presidente da República garantida na Constituição? o PT esquece que foi o partido que mais abriu embaixadas em países até inexpressíveis politicamente e econômico, também não custa lembrar que Lula colocou Benedita para embaixadora e a abestada nem sabe falar o português adequadamente dirá o inglês fluente

  • Vocês sabem porque NÃO É um caso de “NEPOTISMO”? É porque o nepotismo só se aplica a CARGOS ADMINISTRATIVOS e não para CARGOS POLÍTICOS (que é o caso de embaixador). 😉

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...