Lava Jato completa 6 anos com R$ 18,3 bilhões devolvidos aos cofres públicos



A Operação Lava Jato é a maior iniciativa de combate à corrupção e lavagem de dinheiro da história do Brasil e completa 7 anos nesta terça-feira (17).

Iniciada em março de 2014, com a investigação perante a Justiça Federal em Curitiba de quatro organizações criminosas lideradas por doleiros, a Lava Jato já apontou irregularidades na Petrobras, maior estatal do país, bem como em contratos vultosos, como o da construção da usina nuclear Angra 3.

Até hoje, já foram 70 fases, 293 prisões decretadas, além de R$ 18,3 bilhões devolvidos aos cofres públicos.

A operação possui atualmente desdobramentos no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Distrito Federal, além de inquéritos criminais junto ao Supremo Tribunal Federal e Superior Tribunal de Justiça para apurar fatos atribuídos a pessoas com prerrogativa de função.

Em entrevista ao site Correio Brasiliense, um procurador da República e ex-coordenador da Lava-Jato no MPF do Pará, apontou para a preocupação em relação ao legado da Lava-Jato, que reside nos possíveis limites à atuação de juízes, como a que tipifica o abuso de autoridade.

Alan Mansur acredita que a legislação de combate à corrupção ainda precisa ser aprimorada, mas comemora os resultados da Lava-Jato.

“Isso tudo mostrou a magnitude da corrupção no nosso país. Ocorreram muitas condenações, que foram mantidas pelos tribunais superiores. Ainda que o sistema judicial seja burocrático e ainda que a legislação seja atrasada em muitos pontos, tudo isso pode ser feito”, opinou.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...