BrasilNotícias

Lewandowski arquiva inquérito que investigava Renan Calheiros e Romero Jucá

Pedido foi feito por Raquel Dodge, procuradora-geral da República

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski decidiu sexta-feira (14) arquivar inquérito aberto na Corte em 2016 para investigar os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Romero Jucá (MDB-RR) no âmbito da Operação Zelotes, da Polícia Federal.

Lewandowski atendeu ao pedido de arquivamento feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. De acordo com a PGR, “não há mínimos elementos probatórios para justificar a deflagração de ação penal contra os parlamentes”.

O inquérito apurava o suposto recebimento de vantagens indevidas pelos parlamentares em troca de apoio a uma medida provisória que favorecia o setor automobilístico.

A Operação Zelotes investiga desvios no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão que é vinculado ao Ministério da Fazenda e última instância administrativa de recursos referentes a impostos e multas de contribuintes.

Fonte: Agência Brasil

Ver mais

Ricardo Roveran

Aquariano bonitão. Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escreve por amor e nas horas vagas salva o mundo.

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Que maravilha hein! claro que o Renan Canalha e o Romero-comeu-seu-jucá não são corruptos! né! que M-A-R-A-V-I-L-H-A.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close