BrasilNotícias

Lula é barrado por protestos em Passo Fundo

Lula não entrou em Passo Fundo. Em uma das últimas paradas da comitiva do ex-presidente condenado, os manifestantes resistiram por horas nesta sexta-feira (23) e não permitiram a entrada da caravana na cidade. Segundo relatos de produtores, mais de mil pessoas estiveram reunidas.

O clima foi de bastante tensão no local, uma vez que a Brigada Militar, o Pelotão de Choque e a Polícia Federal tentaram dispersar os manifestantes com spray de pimenta, gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral. O protesto, no entanto, resiste, e a entrada segue trancada. No fim do dia, porém, a Brigada foi aplaudida pelos agricultores ao deixar a segurança da caravana, segundo relatou o vice-presidente do Sindicato Rural de Carazinho, Paulo Vargas.

Outra manifestação foi realizada também no centro da cidade, com mais de duas mil pessoas e a polícia tentando manter separados os dois grupos – contra e a favor de Lula -, buscando evitar conflitos. A concentração aconteceu na Avenida Brasil, onde o clima também ficou bastante tenso. Manifestantes trocaram agressões e usaram ovos e latas um contra o outro.

Um dos líderes da manifestação contra Lula, o produtor Marcelo Bertagnolli, foi preso na tarde desta sexta-feira. Bertagnolli foi vereador de Passo Fundo é uma das lideranças do agronegócio na região. “Nós já estamos resistindo há mais de três horas e vamos resistir mais. Eles não passarão”, disse Wesp.

Ver mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Esse lixo do Marcelo Bertagnolli não vale nada. Ele juntamente com a milícia fascista , parecem cães pit bulls babando ódio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close