Mãe denuncia doutrinação de crianças em colégio estadual

Ennio Voss


Uma mãe que será identificada aqui pelo nome fictício de Ana, procurou o Terça Livre esta semana para denunciar doutrinação de crianças entre 6 e 12 anos, em um colégio da rede estadual, na capital de São Paulo.

Ela foi ao colégio para uma reunião de pais no dia 30 do mês passado, ao entrar deparou-se com trabalhos realizados pelas crianças, exibidos como cartazes espalhados pelo pátio. Quando prestou atenção no conteúdo dos cartazes, ela entrou em choque. Era conteúdo impróprio para idade, como relações entre pessoas do mesmo sexo.

Um dos cartazes dizia: “LGBT é a sigla de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais ou transgêneros. Essa sigla pode ser usada para se referir a qualquer um que não é heterossexual; aqueles que desejam incluir pessoas intersexuais em grupos LGBT sugeram a sigla prolongada LGBTI, algumas pessoas combinam as duas siglas e usam LGBTIG ou LGBTQI, adicionam a letra A para os assexuais: LGBTQIA…, alguns incluem também pnsexuais e polissexuais: LGBTQIAP, LGBTQIAPN…” (sic).

Num outro era possível ler o seguinte incentivo: “garoto beija garoto que beija garota que beija garotas e não há nada de errado nisso“.

Ana é enfermeira e tem uma filha de 10 anos que estuda no colégio Ennio Voss, na capital de São Paulo. Ela questionou os responsáveis e segundo ela, a diretora afirmou que “não havia nada demais“, e um professor disse que não havia problema pois as crianças estariam assistindo aquilo na TV.

Indignada, a mãe da criança afirmou que o conteúdo não está na grade curricular e que a escola não pediu autorização aos pais para tratar do assunto, que envolve a sexualidade dos filhos.

Outros cinco pais de alunos manifestaram-se concordando com ela.

Uma outra mãe de aluno afirmou que “uma criança que vê uma coisa dessas vai ficar confusa“, e que “isso aí não é coisa pra estar exposto, de forma alguma“.

Um pai de uma outra criança do colégio também ficou não gostou da história e se colocou a disposição para “retirar os cartazes da escola“.

Entre os indignados, outro pai de estudante infantil afirmou “eles são crianças, crianças!“.

Resposta do colégio

Entramos e contato com a escola mas não obtivemos resposta, talvez devido à greve. Ainda aguardamos uma manifestação da instituição e asseguramos o espaço nesta matéria.

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

79 Comentários

Clique aqui para comentar

  • tudo delírio da direita opressora vão falar os MAVs, quantas vezes o Bolsonaro denunciou isso e a e esquerda disse que isso não existia, e tudo em escolas públicas, estão usando as crianças pra fazer lavagem cerebral com a complacência da grande mídia, se alguém ver isso na escola do seu filho denuncie

  • Ricardo, esta denúncia é extremamente importante, pois se trata de uma unidade escolar de ensino fundamental 1(antigo primário). Pelo ocorrido, cabe processo por parte dos pais à direção e ao professor e, se apertar um pouco mais, ocasiona a EXONERAÇÃO (demissão) do professor e de toda equipe gestore que é responsável pelo acompanhamento pedagógico de cada atividade nas salas de aula.

  • “garoto beija garoto que beija garotas que beija garota e não há nada de errado nisso”
    ISSO ESTAVA ESCRITO EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL PARA AS CRIANÇAS DE 6 A 14 ANOS TEREM ACESSO?
    PARA MIM ISSO É CRIME DE CORRUPÇÃO DE MENORES!!!

  • Professores que se utilizam da audiência cativa de crianças e adolescentes em sala de aula para ganho político são imorais! Da feita que o cidadão vira marxista, socialista, ele perde todo o senso de justiça e se torna um revolucionário.

  • Meu pai foi diretor de uma escola ali perto moravamos ali perto
    Que absurdooooo
    Parabens por publicar essa materia

  • Caso ocorra no Colégio do meu filho é certeza que vou processar! Ontem msm não teve aula aqui no DF. É evidente que precisamos da escola sem partido passou da hora de retirarmos os doutrinadores ou será muito tarde!

  • Bolsonaro avisou. Estão emboscando nossas crianças. Nós pais, precisamos fiscalizar e denunciar.

  • A escola acaba sendo uma corruptora de menores com tendências homossexuais que no futuro serão militantes esquerdopatas.

  • Noto a algum tempo noto um bando de canhotos comentando aqui. Acho legal, pois indica que o TL está incomodando, mas confesso que é um saco passar os olhos sobre os mesmos argumentos infantis que encontro no UOL por exemplo.
    Em tempo: é obvio que questões homossexuais são coisas normais, mas eu não permito que terceiros tratem desse assunto com meus filhos. Eu mesmo ensino e discuto em casa. É meu DEVER como pai.

  • Finalmente os pais estão acordando e verificando o q é passado aos seus filhos na escola. A escola deve pedir permissão já q o assunto NÃO está na grade curricular. Ao invés de fazerem esse tipo de “trabalho” poderiam ter feito sobre Galileu, quem foi, o q fez, sobre Copérnico, Madre Tereza etc, para aprenderem algo útil…por isso esse bando de acéfalos adolescentes.

  • Fui numa escola com minha amiga pra ver a dobringa dela, qnd me deparei com um ensaio na aula de música, em q as meninas e meninos de 6 a 10 anos estavam com fantasias q pareciam dancarinas de boate, dancando axé e funk. Qnd perguntamos para professora o q era isso, ela disse q estavam se preparando para o festival da cultura brasileira, e q todas as turmas estavam fazendo isso. Minha amiga avisou o irmão dela q vai tirar a garota da escola!!!

  • CAdeia para o diretor da unidade e para o professor comunista que incentiva este tipo de coisa entre crianças! Um professor desse merecia levar uma surra!

  • Isso é muito sério e bizarro. É importante que os pais denunciem ao MEC e ao Ministério Público esse tipo de doutrinação e não permitam que continue. Imaginem há quanto tempo estão mexendo com a mente das nossas crianças no país inteiro.

  • MP diz que ‘organização criminosa’ em gabinete de Flávio Bolsonaro tinha ‘clara divisão de tarefas’
    Promotoria afirma que grupo atuou desde 2007 para desviar recursos públicos e que Queiroz tentou ‘assumir sozinho’ e ‘desviar foco’ das investigações sobre supostos crimes. Ele e o senador negam irregularidades.

    https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/05/16/mp-diz-que-organizacao-criminosa-em-gabinete-de-flavio-bolsonaro-tinha-clara-divisao-de-tarefas.ghtml

  • Após quebra de sigilo de Flávio, mulher de Bolsonaro pode entrar no radar do MP do Rio

    O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) possui fortes suspeitas contra o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, mas as investigações sobre lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito do parlamentar podem avançar também contra a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

    https://br.sputniknews.com/brasil/2019051613892529-quebra-sigilo-mulher-bolsonaro/

  • PARABÉNS A ESSA MÃE!!!
    TODOS DEVERIAM FAZER O MESMO E FISCALIZAR AS ESCOLAS DOS FILHOS.
    KD O CONSELHO TUTELAR????
    KD O MINISTÉRIO PÚBLICO??
    SR GOVERNADOR E SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO QUEREMOS RESPOSTAS!!!!!!

  • A doutrinação petista/luladrão : atrofiar disciplinas, seduzir o hiper-criticismo, expandir o cretinismo por motivo fúteis, parecer salutar entretenimento descartar homens e destruir governos.
    A idolatria p/t-luladrão nos motivou isso: o abuso de autoridade a impor atos obscenos dentro das escolas, insultar a Infância, pois existe indivíduos de baixa-reputação bajula para galgar cargos.
    O abuso de autoridade a todos os atos ( inclusive este: ensinar práticas antinaturais dentro das escolas___perverter…
    Foi um governo no qual não fazemos parte dele.

    MERECIDA PRISÃO luladrão! BRASIL LIVRE!

  • Me oponho veementemente a este governo e vim ao Terça Livre porque estava interessada em opiniões sérias e embasadas da direita, para ter uma visão do outro lado da moeda e buscar um diálogo mais profundo do que a baixeza do que tenho visto em debates pela internet. Eis que clico nessa notícia sobre “doutrinação” e nada mais vejo do que um ensinamento sobre respeito, igualdade, amor e paz entre as pessoas. É só isso que essa escola está incentivando – nada de grotesco ou chocante. Gostaria de uma resposta clara de qualquer um de vocês: objetivamente, qual é o problema de uma menina beijar outra menina ou um menino beijar outro menino? De que maneira isso prejudica a sociedade ou a vida de vocês?
    A única coisa que realmente me causa indignação aqui é essa sanha moralista remanescente do século XIX. Mas é o que resta a vocês, não é mesmo? Presidente passando vergonha nos EUA, desemprego crescendo, o escândalo de Flávio Bolsonaro vindo à tona e vocês reclamando que a escola diz que ser gay não é um problema. Que vergonha.

  • É a velha engenharia social revolucionária progressista para o enfraquecimento do núcleo familiar com a falsa bandeira de combate a homofobia.

  • O tempo tem duas faces: se bem aproveitado será um grande aliado, se não, será seu pior inimigo.
    Estamos todos matriculados na escola, onde o mestre é o tempo…
    … e traz verdades!
    BRASIL LIVRE! Lula na prisão!

  • Sou contra o ensino e a nova introdução da matéria nas escolas ( ideologia petista-apedeutas) ensinar desde à infância, sem o consentimento dos pais, como é ser gay.
    SOU contra gay, apesar de saber amar pessoas, não suas práticas.
    Seu filho não pertence ao partido P.T.osco.

    DENUNCIE SIM, o ato do professor. ATENTADO AO PUDOR!

  • Essa Escola e seu corpo docente, são CORRUPTORES DE MENORES! Devem ser enquadrados criminalmente. Um bom tema que seria VIOLENCIA CONTRA MULHER, não tem relevância! A Lei em cima desses escrotos, infames, doentes e falsos mestres! Os esquerdopatas querem uma nação, analfabeta, com pessoas psicologicamente fracas, degenerados, ignorantes, para servirem como massa de manobra.

  • Antes de fazer a denuncia devemos mudar de tática e pegar esse professores que estão literalmente violentando incapaz,
    quebrarnonpau nomlombo deles, aí só depois leva pra delegacia….só assim ao parar com isso.

  • Vocês são doentes!
    “Vamos defender as reformas”, “escola sem partido”, “o Bolsonaro avisou”. Leiam o que escrevem!
    Se houvesse a dita doutrinação marxista, esse lixo não teria sido eleito, seus burros!
    Lembrem que a escolha foi de vocês quando só lhes restar o pasto.

  • Que vergonha!
    Estamos vivendo a ditadura esquerdopata.
    Os pais que possuem valores, precisam posicionar-se.

  • O colégio americano de pediatria que é a autoridade científica competente em relação ao que é benéfico e prejudicial às crianças já se manifestou, com veemência, sobre o quanto a exposição de crianças as ideologias LGBT é prejudicial mas ainda assim os doutrinadores insistem! Já passou a ser caso de polícia, pois isso é crime! Se algo é sabidamente perigoso para as crianças, quem as expõe a esse mal deveria, no mínimo, ser preso.

  • Se os pais não querem esse tipo de conteúdo, é assunto passivo: tem que ser vedado e pronto. Por isso Bolsonaro foi eleito, porque não queremos esse tipo de conteúdo nas escola de nossos filhos. Isso se chama democracia: prevalecer a vontade da MAIORIA. Até o MAV que frequenta o site reconhece que Bolsonaro foi eleito porque A MAIORIA PENSA COMO ELE. E não podemos nos curvar diante da vontade da minoria.

  • Sou mãe também. Meu filho estuda nessa instituicao … Não concordo com a matéria. Também Estive na reunião do dia 30 … Vi essa exposição e nem me preocupei, Tenho certeza que não será por conta dessas frases que meu filho mudará sua opinião sexual… pior é ir no Parque do Ibirapuera lá tem de tuudo a luz do dia e ninguém toma nenhuma providência,isso é apenas um trabalho escolar assim como qualquer outro tema que possa vim ser abordado na escola. Eu particularmente acho que tem muito mais coisas pra ser denunciada, poderia ter denunciado a falta de funcionários, reparos e manutenção,carteiras e cadeiras, quebradas,as portas deos banheiros em má conservação paredes quebrada teto descascando “infiltração”, pisos horríveis de não sei quanto tempo… Respeito a opinião de cada um. Mas não será por causa desses cartazes que o meu ou seu filho (a) será LGBT. Pois as redes sócias está aberta para todas as idades,hoje em dia o que vimos na mídia é esse assunto sendo abordado, justamente para aprendemos a respeita a opção sexual de cada um!!!

  • Se faz urgente uma mudança de comportamento dos professores e diretores nas escolas. O governo tem que jogar duro na questão do aprendizado dos jovens e crianças. Acabar com a ideologização natural que existe, pois os professores doutrinam e os alunos são doutrinados e nem percebem. Eu, por exemplo, até uns anos atrás, acreditava cegamente em tudo que fosse relacionado ao socialismo, não questionava nada. Até porque, a verdade para mim, era só aquilo que era dito pelo grupo da esquerda, o resto era conspirações do neoliberalismo e do capitalismo explorador. A ficha só caiu a poucos anos atrás quando eu, por conta própria, busquei entender o que era, de fato, o socialismo que eu defendia. Aí a casa caiu pra esquerda, pois a verdade apareceu, descobri que, mesmo tendo tendo ideais conservadores, defendia um movimento que pretende destruir conservadorismo. Digo isso para afirmar que só quem foi do movimento de esquerda sabe que muitos não não lá por maldade não, é pura doutrinação e e alta de ensino correto, pautado nos fatos e nas verdades da história.
    Que Deus nos ilumine sempre!

  • Parece q os ensinamentos bíblicos não valem mais nada. Por quê não ensinam sobre os grandes feitos da humanidade, as grandes obras clássicas e os avanços da tecnologia. Mas não, preferem criar essa guerra social entre homem e mulher vs os que não são homens e mulheres. Até às pessoas dessas opções sexuais são confundidas por esses movimentos. Explora se o desentendimento próprio de cada nesse Clash de sexualidade.

  • Nao vejo problema nos cartazes, vivemos em uma sociedade onde precisamos esconder de crianças e adolescente uma realidade, como se fosse uma doença, isso por que o Brasil país da corrupçao, da opressão, da perseguiçao da educaçao, país em desenvolvimento, onde acham errado os valores das pessoas. Chega de tabu, viva a realidade, o mundo nao é um faz de conta.

  • Estudei no ennio voss desde o 6°ano, as pessoas fazem caos a simples cartazes, mas criança de primario que manda NUDES, nao viram noticias, que hipocresia.

  • Educação sexual é obrigação dos pais ensinar os filhos e não escola eles têm de ater a grade curricular pra cada idade.
    Não é atoa que o mundo está do jeito que tá. O estado se entrometendo na educação sexual dos nossos filhos

  • Ninguém obrigou criança nenhuma a fazer os cartazes.
    Os alunos do último ano tem TOTAL liberdade para fazerem um trabalho como bem entenderem, porque ainda existe, por enquanto, liberdade de expressão. Não foi culpa de um professor. Não foi “culpa” de ninguém, porque isso não é um erro.
    Conhecimento é poder, e como jornalista, o escritor da matéria deveria saber e buscar informações veridicas.
    E sinceramente? Aposto que os filhos dessas pessoas não pararam para ler o cartaz. As crianças estão mais interessadas em se agredir do que ler cartazes e serem “doutrinadas”. Façam-me o favor e poupem-nos dessa vergonha direitista

  • Desculpa!! Eu acho q a escola está certa, a escola só queria passar uma visão de como é o mundo. Agora me diz vocês, vão me dizer que as crianças de 6, 7,8 anos de idade não sabem o que significa LGBT? O preconceito começa apartir dai. Sei que existem muitas pessoas que acham que os filhos são “inocentes”. Vamos abrir o olho e perceber que estamos no ano de 2019…
    A escola E.E professor “ennio voss” é umas das melhores escolas. E esses cartazes foram colocados na escola para ajudar, pois tem muitas pessoas de fora da escola mesmo que tem que lidar com pessoas escrotas ao ponto de julgar alguém por ela não ter o gosto igual ao de todo mundo. Pessoal vamo abrir o olho e aprender a cuidar da sua própria vida e daixar o outro gostar de quem ele quiser, eu garanto que o mundo seria bem melhor se cada um apenas cuidasse da propia vida!! Eu sou uma das estudantes do Ennio Voss​​ e a escola tem ótimos profissionais que vão ali para ensinar. Esse é o meu ponto de vista. E voltando, sempre tem alguém que gosta de almemtar as coisas,os cartazes colados nas paredes da escola não ensinam as ” crianças ” a fazerem parte de um LGBT e sim ensinam a respeitar o próximo.

  • Eu estudo nessa escola faz mais de 3 anos e vi os meus colegas trabalhando duro para fazer esses cartazes e uma mãe hipócrita desmerecer e mandar tirar os cartazes . Primeiro que crianças de 10 anos não podem ficar frequentando o pátio , porque o pátio é só pros adolescentes a partir do 6°ano , segundo vcs acham que o filho de vcs são Santos mas eles não são, terceiro esses cartazes estavam lá porque os alunos estão cansados de sofrer preconceito, muita pessoas daquela escola são LGBTS, e ninguém pode mudar isso . Eu sou heterossexual e apoio totalmente a causa LGBT , já li aqueles cartazes milhares de vezes nem por isso eu vou ser influenciada. Na minha opinião, eu acho que as pessoas que são preconceituosas deveriam tomar vergonha na cara , porque todas as pessoas têm o direito de amar , se duas pessoas do mesmo sexo querem ficar juntas é direito delas , ninguém merece ser julgado por amar . Eu tenho orgulho de estudar nessa escola e tenho orgulho desses cartazes. Os cartazes estavam onde ficam os alunos do fundamental 2 , então essa mãe que denunciou a escola só foi preconceituosa , o pátio não é onde ficam as crianças e sim os adolescentes. Então parem de críticas a escola e parem de ser preconceituosos, imagina se vc tem um filho que é LGBT e ele é espancado por isso , como vc ia se sentir ? , o mundo tá ficando cada vez pior, por causa de pessoas como essa mãe, desculpa se ofendi mas, apenas disse verdades que ninguém tem coragem de dizer. As pessoas que fizeram esses cartazes foram ALUNOS , e não professores, a ideia foi conjunta ,os alunos quiseram comentar sobre o assunto . Se seu filho tem entre 6 e 8 anos eu entendo, mas se ele tem mais que isso para de achar que ele é um bebê, ele não é, e sabe muito bem das coisa . Se os pais continuarem assim, os filhos podem se tornar preconceituosos e é justamente isso que ninguém quer que aconteça

  • Trabalho próximo a essa escola, entrei em contato com eles, um professor de matemática me atendeu e disse que não tinha nada demais, pois quem fez os cartazes foram alunos de 14 e 15 anos. Eu disse que queria falar com a direção da escola ele pediu para mim ir visitar a escola.

  • Todos nós devemos ligar nessa escola e questionar o que está sendo passado para as crianças. É para isso que serve nossos impostos?

  • Esses professores esquerdistas estão ensinando as crianças para se tornarem dóceis para os pedofilos. Pois o socialismo sempre estimulou a pedofilia e a exploração das crianças de todas as formas possíveis e imaginárias.

  • eu pessoalmente acho importante que a escola saiba formar pessoas humanizadas que entendam diferenças, além de apenas seguir um currículo de conteúdo (que já é precário em nosso país). É importante que os alunos aprendam a ler o mundo como ele é (coisa que, com o corte em filosofia, ficará um pouco mais difícil para as próximas gerações). É ingênuo pensar que existe educação imparcial. Qualquer coisa que dizemos funcionaria como a luz que atravessa uma lente: vem da interpretação de uma informação (a luz) propiciada por nossa bagagem (a lente). É nossa responsabilidade tentar encontrar uma lógica que faz mais ou menos sentido para nós. A família que discorda da escola, mas não tem a opção de escolher outra, pode tentar entender a ideia para mostrar ao seu filho que o exposto não condiz com a idade dele. Se isso não for possível, convém conversar com os professores sobre a educação familiar v.s. a escolar, e tentar chegar a um acordo. Entretanto, acusar a escola de doutrinação é o resultado de manipulação semelhante à proposta pelo próprio acusador: o viés ideológico e político acaba por sobrepujar as relações humanas e a capacidade de discutir, debater. Inclusive, isso é muito presente na sociedade atual: vários grupos políticos disputando o poder em diferentes esferas com pretextos ideológicos.
    Cuidado com o poder das palavras pessoal.
    Obrigado pela atenção.

  • Incrívelmente ridículo pais tentarem privar os filhos de verem a realidade, coisa que eles podem ver tanto fora como dentro da escola, coisa que eles vão ver o RESTO DA VIDA e terão que conviver e respeitar, o problema não é a escola, não é “a esquerda”, o problema são vocês e a mentalidade pequena de vocês.

  • No dia 30 do mês passado, o dia em que essa reunião aconteceu, talvez a mãe não deva ter comparecido KKKKKKKK pois o tema da reunião em si era dizer NÃO contra o Bullying, ao Racismo e ao preconceito com os LGBT’s. A intenção dos cartazes era apoiar quem estava se encontrando nessas condições, até foi feita uma dinâmica com os pais que compareceram na reunião explicando tudo isso da exposição no pátio.
    Cara mãe “Ana”, antes de denunciar esse tipo de situação na qual você se encontrou, procure ir na reunião, não só ir, também participar dela né, caso queira denunciar, denuncie direito, falando tudo o que ouviu e viu, não só metade da história. O colégio Ennio Voss, é uma das melhoras escolas do Estado, estudei lá do 1° ano do ensino fundamental até o 9°, me orgulho muito disso, e olha, vou te dizer que não sai com o gênero diferente, e mesmo se tivesse saído, agradeceria à eles por ajudar a me sentir confortável em uma sociedade preconceituosa como essa.
    Se quer ensinar a sua criança a ser preconceituosa, racista e homofóbica, ensine sozinha, nenhum outro pai merece ter você como base pra educar os filhos, que sua criança cresça e tenha uma opinião formada, totalmente diferente da sua. Todo sucesso pra você e todos os hipócritas que descrevem isso como “crime”, pode ter certeza que os que comentaram contra isso, nem sequer procuraram saber dessa escola ou foram lá ver o que realmente queriam passar. Pesquisem, por favor, informação é arma!

  • Lendo essa matéria eu só consigo pensar em como essa criança vai crescer ao lado de uma pessoa intolerante e preconceituosa , porque sim .. ela é ! expor trabalhos e projetos com o tema lgbt é muito importante para a construção social , e para autoconhecimento dessas crianças , Entre 5,3% e 8,9% do total da população em situação de rua em São Paulo pertencem à comunidade LGBT, sendo que a maioria são jovens , o Brasil segue sendo o país que mais mata transexuais ( *no* *mundo*) , esses cartazes além de confortar crianças e jovens e dar visibilidade a essa minoria , educa os heterossexuais a não verem aquilo como algo errado , para que essas crianças de hoje não sejam os agressores do futuro . Isso não é questão de direita ou esquerda , isso é questão de ética e de RESPEITO!
    por favor dona “ ana “ pare de mascarar o seu preconceito com argumentos que não são válidos para a construção social dos jovens . 🏳️‍🌈

    17 de maio , dia internacional contra a Homofobia

  • Eu realmente quero saber onde está o erro. Alienados as vezes são estranhos até demais. Ja estudei no Ennio Voss. E de cara é um colégio muito bom. Ver isso acontecendo por causa de adultos babacas chega a ser deprimente.

  • Nao seremos oprimidos, escola tambem é lugar de expor nossas opinioes, nao seremos alienados, foda-se o sistema. 📚

  • Escola e professora certíssima, estudei por 5 anos nunca aconteceu isso, mãe denunciar o que a professora ensina aos alunos??
    Desde quando é errado ensinar as crianças a verem o mundo como está atualmente?
    Estão certos por ensinar a não serem preconceituosos de pequenos!!!

  • Ennio foi uma das melhores escolas que já estudei
    E isso que a escola/alunos fizeram não tem NADA DE ERRADO
    A única coisa que muitos deveriam fazer ao invés de ficar prolongando esse assunto é acima de tudo ver que a escola está fazendo uma coisa ótima que é mostrar que apesar de nossas diferenças (cor da pele, financeiramente ou sexualidade) somos TODOS IGUAIS e a escola tenta concientizar as pessoas/alunos que lá estudam sobre isso. Então dona “Ana” antes de voce ser mente fechada e não querer aceitar que nossa realidade é a que a gente tem que aceitar o próximo mesmo com nossas diferenças eu diria pra você ter o acima de tudo RESPEITO com o próximo assim como provavelmente gostaria que tivessem com você
    ❤️🏳️‍🌈

  • Otima escola, nao vejo nada de errado, o brasil esta totalmente perdido, onde vamos parar, sera que devemos nos calar ? A resposta é não, nunca vamos nos calar, nao devem parar nunca, lutem pelos seus direitos, nao seja alienados do sistema, critiquem sempre, amadureçam. O governo sempre nos tratam como adultos porém, quando se trata de outros assuntos eles dizem que somos jovens de mais para entender, estudem, e nao se calem jamais, vcs conseguem tudo oq quiserem, a escola esta mais que certa em apoiar seus alunos, viva o seculo XXI de outra forma, seja a transformaçao e o futuro de nosso país que esta destruido.

  • Se educação sexual fosse assunto apenas dos pais, a gravidez precoce no Brasil, que já é grande, seria exponencialmente maior. Isso sem contar a disseminação de DSTs e o recalcamento sexual, ou seja, a pressão sobre a vida sexual das pessoas imposta por nossa organização social atual, que é uma das principais causas da neurose nos dias de hoje.

  • Sou ex aluna “Ennio Voss”, e apoio totalmente a escola, pois são apenas trabalhos de conscientização, assim como os outros que já foram expostos. A escola não forma apenas alunos, formam também cidadãos, por isso é importantíssimo a abordagem de assuntos referentes a nossa atual sociedade! Não sejamos hipócritas, seu filho não irá mudar sua sexualidade após a leitura de um cartaz! Os alunos fizeram os cartazes com o intuito de conscientização dos demais, pois o preconceito existe, e muitos alunos que estudam nessa instituição são homossexuais, não por influência da escola, mas sim porque são! Parece que é difícil de entender que ensinar crianças sobre a inclusão, o respeito a todo tipo de pessoa independente de seu credo, raça, e opção sexual é um tabu! Então significa que meu filho saber o que significa a sigla LGBTQ+ é um incentivo a ele ser gay, lésbica etc? Enfim, só queria apontar que houve equívocos da fala do deputado Douglas Garcia, referente a idade dos alunos, em uma parte ele disse que pelos traços do desenho claramente daria para saber que havia sido feito por uma criança de 6 anos ou menos, sendo que sabemos que isso é uma afirmação muito tola. O pátio em que se encontram os cartazes são frequentados por alunos do 6° ao 9° ano, ou seja, alunos de 11 a 15 anos, e não 6 como havia sido citado. Mas enfim, isso é o de menos. Apenas acho que os pais que ficaram indignados não conversam com seus filhos sobre o que eles já sabem sobre sexualidade, muito menos a opinião deles. Sugiro que pegue seu filho e coloque ele em uma bolha, pois se eles não tem acesso a isso na escola terão ou já tem em muitos outros lugares!

  • Observem os fatos. Já pararam para pensar como nós alunos LGBTs nos sentimos oprimidos em uma sociedade como essa? como a maioria dos LGBTs não se sentem bem com o fato de sair na rua, ou até mesmo ir a escola e ser agredido verbal ou até mesmo fisicamente? a escola está certa em conscientizar os demais alunos. está aí a palavra:” concientizar” para que eles não se tornem ignorantes e hipócritas, em momento algum a tiveram o intuito dos demais alunos virarem LGBTs (até pq não se torna, você nasce dessa maneira.) Quero parabenizar a escola, por tamanha iniciativa que é de fato admirável. eles estão igualando todos, mostrando que seus colegas são todos iguais.

  • Tanta coisa para ser denunciada, essa mãe que nem sabe o contexto pedagógico, o projeto executado, que levou aos alunos criarem cartazes com esse tema, CRIME Sim, seria bloquear os alunos de expressar suas culturas sociais.
    Mãezinha se é escola é tudo que está relatando, fácil, peça transferência, a lista de espera por vaga é grande!

  • O mais interessante de tudo, é ver qual verme e quão covardes os esquedopatas são, pois fazem o que mais sabem, fakes em seus próprios Nicks para poder fazer algum comentário tentando defender o indefensável, e tentando justificar o injustificável, pois não possuem coragem, e sabem que é muito falta de caráter defender algo assim, que por conta disso todos os comentários deles não possuem nomes de verdade e tampouco fotos, saiam dos esgotos e aparecem em meio a sociedade de cara limpa, ai quem sabe o que dizem merexe o direito de ser lido ou avaliado.

  • Acho legal o comentario de vcs mas vcs ja pararam e conheceram a eacola ? Sabem q esse nao é o posicionamento de fala de vcs, parem de justificar as coisas com lado politico, vcs sao tao baixos só por fazerem conclusoes precipitadas. Cada um com a sua opiniao mas lado politico nao tem nada a ver. Se vc nao concorda use fatos relevantes para isso, nao justifique com posicionamento politico. Vcs podem mais q isso.
    #forçaenniovoss

  • Boa noite!
    Bom primeiro queria falar que na minha época essa situação existia, porém não era exposto igual esta hoje…
    Hoje os tempos são outros, nós independente da idade temos que acompanhar o que está acontecendo ao nosso redor..
    No meu ponto de vista não ha nada de mas nesses cartazes, pois o que vejo é ensinando o respeito, ensinando que o preconceito não leva a nada…
    Vejo que estão ensinando que opção sexual ou cor da pele não define o caráter de uma pessoa, pois independente de qual seja a cor da pele ou a opção sexual nós devemos respeito, eu posso não concordar com a opção sexual de uma pessoa, mas sei que devo respeito a ela, pois antes de tudo, essa pessoa é um ser humano, tem família, tem sentimento, é igual a todos nós…
    e é o que devemos ensinar para os nossos filhos o respeito acima de tudo…

  • Hoje tenho meu filho de 14 anos que sempre estudou neste colégio e um dos melhores, não tenha nada, absolutamente nada a reclamar e sim tenho muito a agradecer a os profissionais dessa escola que sempre recebei meu filho de braços aberto e as tantas outras crianças que ali estudam.

  • Falta um Pai de verdade primeiro Tirar tudo e rasgar, e depois reclamar.
    Nossa falta de ação dá a eles uma sensação que podem fazer o que quiser.

  • Meu filho estuda lá e realmente não vejo nada demais. Alias éotimo e esclarecedor saber sobre orientação e preferencia sexual. Mais importante ainda ensinar o respeito pelas diferenças. Parabéns ao colegio

  • Estava pesquisando sobre a escola quando encontrei essa pagina e até agora não entendi o porque as pessoas se chocam com isso. Se uma criança de 10 anos não sabe que existe diferenças e é necessário respeitas-las, seja elas uma condição ou opção, a coisa é bem mais séria que pensamos. Precisamos conversar com nossas crianças, dar espaços para que elas conversem conosco em casa e entendam o que veem fora dela. Quanto mais informação ela tiver, mais segura será. Tb gostaria de saber em qual momento ouve “doutrinação” pois não consegui identificar.

Colunistas

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...