Maestro Dante Mantovani dirige II Festival de Música de Paraguaçu Paulista - SP - Terça Livre TV
BrasilDante MantovaniNotícias

Maestro Dante Mantovani dirige II Festival de Música de Paraguaçu Paulista – SP

Aconteceu entre os dias 12 e 15 de julho o II Festival de Música de Paraguaçu Paulista – SP, sob a direção artística do maestro Dante Mantovani.

Com a presença de alunos de todo o país, o Festival contou com aulas de Regência Orquestral, Violino, Oficina de Arco, Violão Clássico, Bateria, Canto Popular, Canto Lírico e Canto Coral, além de palestras sobre os temas variados associados à música. A abertura do Festival contou com Santa Missa celebrada pelo Padre José Eduardo de Oliveira e Silva, seguida de concerto com a Orquestra Sinfônica Jovem de Paraguaçu Paulista (sob regência do maestro Dante Mantovani), duo lírico (prof. Hélder de Araújo e Camilo Calandrelli) e apresentação de bossa nova com Kay Lyra e Maurício Maestro.

No segundo dia (13/07), houve uma brilhante palestra sobre Conservadorismo e Belas Artes ministrada por Rodolpho Loretto, engenheiro e apresentador do Canal Terça Livre; e no concerto dessa noite, houve uma empolgante apresentação de canto lírico com a soprano paranaense Larissa Mafra e com o baixo paulista Camilo Calandrelli, acompanhados ao piano por Hélder de Araújo; na sequência, apresentou-se o Duo Jacarandá, formado por Jairo Chaves(viola) e Natanael Fonseca (violão), e por último apresentação do grupo de violas caipiras do Projeto Brincarte, de Paraguaçu Paulista, sob a direção da professora Dai Rose.

O terceiro dia (14/07) contou com uma belíssima apresentação da Orquestra Barroca Capriccio Stravagante, de Londrina, sob direção de Elimar Plínio Machado, fundador e diretor do grupo de música antiga NEUMA.

O Festival foi finalizado (no dia 15/07) com estupor pelo concerto da Orquestra Sinfônica e Coro do II Festival de Música de Paraguaçu Paulista, sob regência do maestro Dante Mantovani, no qual foram apresentadas obras de Bach, Mozart, Haydn, Tchaikovsky, Beethoven, Palestrina, Mascagni e Villa-Lobos, o que levou a platéia a momentos sublimes através do contato com a Música Universal.

A Orquestra Sinfônica do Festival foi integrada por jovens entre 12 e 18 anos, predominantemente, provenientes de várias cidades do Brasil. Todos ficaram encantados com a oportunidade de que tiveram de integrar uma Orquestra Sinfônica , de fazer aulas com grandes mestres e de se apresentar em público tocando um repertório musical de alto grau de exigência técnica e performática.

Em breve publicaremos depoimentos desses jovens músicos e de outros participantes do evento.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Meus parabéns pela belíssima iniciativa. Creio que a tendência é que este festival se torne uma referência para todo o estado e para o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close