fbpx

Maia cria CPI para investigar origem das manchas de óleo no Nordeste

 


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a origem das manchas de óleo que se espalharam pelo litoral do Nordeste brasileira.

O ato assinado pelo presidente atende requerimento do deputado João H. Campos (PSB-PE), que obteve o apoio de outros 267 deputados, superando o número mínimo de assinaturas exigido (171).

Campos argumenta que é importante que a Câmara coordene os esforços para investigar atos e omissões e apurar responsabilidades. Desde agosto, manchas de óleo apareceram em mais de 600 locais do litoral brasileiro, de acordo com dados atualizados até sexta-feira (15) pelo Ibama. Até hoje, não se sabe a origem nem os responsáveis pelos vazamentos de óleo.

De acordo com o ato publicado nesta segunda-feira (18), a CPI será composta de 34 membros titulares e igual número de suplentes. O despacho que determina a criação da CPI ainda deve ser lido em Plenário. Cumprida esta etapa, abre-se prazo para que líderes façam a indicação de nomes para integrar o colegiado.

“Uma situação drástica como essa requer ação rápida, eficaz, eficiente e efetiva por parte do Estado”, afirma Campos segundo a Agência da Câmara.

De acordo com o ato da presidência da Câmara, o colegiado também vai “avaliar as medidas que estão sendo tomadas pelos órgãos competentes, apurar responsabilidades pelo vazamento e propor ações que mitiguem ou cessem os atuais danos e a ocorrência de novos acidentes”, aponta o documento.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

8 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Ahhhhhhh jura ?

    Ele vai mandar prender os estrangeiros culpados?
    Não existe um órgão técnico de governo, para tratar disso?
    Se não fazem nada, manda os caras para casa e abre um concurso!
    Por que essa vontade diversionista de participar dos holofotes?
    Agora que descobriram quem são os culpados?
    A reforma administrativa não interessa, não é ?
    Muito menos, a reforma partidária!
    Sequer a reforma tributária!
    Eu não votei nele!
    Você votou?

  • Pergunta que não quer calar:

    Este súbito interesse do Presidente da Câmara pelo assunto teria algo a ver com o envolvimento de algumas pessoas das empresas investigadas com a Lava-Jato?

    E se tiverem crimes relacionados ao vazamento de óleo com outros condenados pela Lava-Jato de que vai adiantar investigar em uma CPI se tantos parlamentares desejam acabar com a operação ao ponto de pressionarem o STF a soltar condenados?

    Muito estranho o Rodrigo Maia estar buscando um holofote justo agora, no meio de um possível impeachment de Gilmar Mendes, bem perto do recesso de final de ano..

  • E a “malandragem carioca” continua colocando a CPI da impUNE sob o tapete.

    Sai Cunha e entra Maia, e Congresso continua com a laia.

  • Completamente desnecessário. Querem atingir o governo, principalmente Salles. Devia cobrar da Venezuela e dos navios estrangeiros, já está desenhado de onde veio o óleo.

  • Gostaria de ver essa rapidez dos nossos nobres deputados para votar o pacote anti-crime. E os nossos nobres Senadores? Por quê não aprovaram a CPI da lava toga até hoje?

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...