Maia diz que ainda vai analisar mérito da CPI da Lava Jato: “Tem que ter fato determinado”

Foto: Agência Câmara
 


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que vai analisar o mérito da instauração da CPI da Lava Jato.

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (16), Maia foi questionado sobre a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar irregularidades da Operação Lava Jato, depois que o The Intercept Brasil divulgou supostos diálogos do então juiz, Sergio Moro com membros da operação.

A oposição afirma que já conseguiu o número de assinaturas suficientes para instalar o colegiado. Rodrigo Maia disse que ainda não analisou o pedido. “Não vi ainda, tenho que ver o mérito. A CPI tem que ter fato determinado e é isso que precisa ser analisado nas próximas semanas”, ponderou Maia.

CPMF

Maia também declarou que a CPMF não será mais debatida no Congresso.  “Acabou esse assunto, da parte do Congresso sempre foi muito difícil. E da parte do governo, parece que também não tem mais interesse, como não tem interesse do Executivo e do Legislativo, as coisas não aparecem se não existir algum patrocinador da ideia”, declarou.

O parlamentar disse que a CPMF não deve voltar a ser discutida pelo Congresso, “já que o governo mostrou que não tem mais interesse no tema”.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro demitiu o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, que defendia o retorno da contribuição. “Paulo Guedes exonerou, a pedido, o chefe da Receita Federal por divergências no projeto da reforma tributária. A recriação da CPMF ou aumento da carga tributária estão fora da reforma tributária por determinação do Presidente”, explicou Bolsonaro.

 

 

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

3 Comentários

Clique aqui para comentar

  • É importante ressaltar que o Presidente Bolsonaro apenas demitiu Marcos Cintra, o ‘patrocinador’ da CPMF, porque ele desrespeito toda hierarquia de comando político do governo declarando estudos internos da equipe econômica para o grande público sem autorização.

    O mito sabe que neste momento aonde o Brasil enfrenta leve recessão e no qual a equipe de Paulo Guedes conseguiu obter os primeiros bons resultados na Economia é um momento delicado que necessita de tempo pra mostrar melhores resultados e de boas notícias para engrenar de vez!

    Era fundamental manter o bom ambiente econômico e esse infeliz do Marcos Cintra tratou de ‘cagar tudo’ então foi corretamente desligado por falta de noção da realidade e da cadeia de comando político.

    O governo Bolsonaro vem cortando taxas, diminuindo despesas, planejando cortes de impostos e quando esse trabalho emplacar, ai sim será hora de discutir novas formas de arrecadação para o governo.

  • É importe que o povo brasileiro saiba que o JB sempre bateu de frente com os mulambos da política e da mídia marrom. O resultado disso tudo foi sua atuação como parlamentar “polêmico”. Quem tem personalidade não se acovarda diante de contraditório espúrio. Em frente JB. Para os que o caluniam de ditador, reacionário, dentre outros, sabem que estão malhando em ferro frio. Nunca na história do Brasil, tivemos uma independência do Executivo para com os outros poderes como agora. O JB, colocou cada um no seu devido lugar e com isso tem possibilitado ao povo brasileiro identificar quem são os verdadeiros traidores da Pátria. A metástase da esquerda continua agindo, porem, o JB está atento para cauterizar os focos dessa mazela. Manda quem pode obedece quem tem juízo. O povo já sabe quem é quem… 2022 dose de reforço neles! “- Brasil acima de tudo e Deus acima de Todos.”

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...