MENOS IMPOSTOS PARA OS EUA, MENOS COMPETITIVIDADE PARA O BRASIL - Terça Livre TV
Allan Dos SantosArtigos

MENOS IMPOSTOS PARA OS EUA, MENOS COMPETITIVIDADE PARA O BRASIL

Por Filipe G Martins

A liderança do Partido Republicano no Senado acaba de informar que o Presidente Donald Trump conseguiu os votos necessários para aprovar a reforma tributária proposta pela Casa Branca.

Caso sejam aprovadas, as novas regras tornarão o sistema tributário americano muito mais simples, reduzindo para 3 o número de faixas de tributação de pessoas físicas, que hoje é dividido em 7 faixas distintas.

Além disso, o novo sistema reduzirá substancialmente os impostos sobre as rendas familiares e criará novas e maiores possibilidades de dedução, sobretudo para casais que possuem filhos.

Por fim, mesmo em sua versão mais modesta, o novo sistema reduzirá de 35% para algo entre 15% e 20% os impostos corporativos, o que irá produzir um ganho substancial de produtividade e competitividade para os EUA, que, com esse novo sistema, conseguirão atrair de volta ao país as indústrias que, nos últimos anos, optaram por produzir seus produtos em países mais baratos como os que formam os BRICS e outras sopas de letrinhas.

Essa é uma excelente notícia para os americanos e abre o caminho para que o Presidente Donald Trump cumpra uma de suas principais promessas de campanha, além de dar início a uma possível revolução na economia dos EUA.

Para o Brasil, no entanto, a notícia não é nada boa. Quanto melhor se torna o ambiente de negócios americano, mais o Brasil perde em competitividade, tornando-se uma alternativa cada vez menos atraente de investimento

Não é exagero dizer que, a menos que o governo e a população brasileira compreendam que nós também precisamos de uma reforma fiscal para simplificar o regime tributário e atrair investimentos, corremos o risco seríssimo de repetir o que ocorreu nos anos oitenta, quando mergulhamos na “década perdida” enquanto os americanos colhiam os prósperos frutos das medidas e das reformas do Governo Ronald Reagan. Que Deus tenha misericórdia desta nação.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close