Milhares marcham no Chile contra nova Constituição

Foto: AFP
 


Milhares de pessoas marcharam neste sábado em Santiago, no Chile, contra a redação de uma Constituição que substituirá a herdada da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

A passeata ocorreu em uma área exclusiva de Santiago compreendida entre os bairros de Las Condes e Providencia, mas se estendeu até as imediações da Praça Itália, epicentro das manifestações que tiveram início em outubro passado contra o governo conservador de Sebastián Piñera.

Os chilenos devem decidir em plebiscito no mês de abril se aprovam a redação da nova Constituição. Manifestações deste tipo acontecem todos os sábados em bairros exclusivos de Santiago há um mês. Esta foi a primeira que chegou às imediações da Praça Itália.

Conforme apurado pelo Terça Livre, grupos conservadores chilenos estão preocupados com a participação de ativistas de esquerda no projeto de nova constituição do Chile.

(Com informações, AFP)

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...