Ministério da Defesa ativa centro de operações contra novo coronavírus



O Ministério da Defesa anunciou a inauguração do Centro de Operações Conjuntas, que envolve os três comandos militares – Marinha, Exército e Força Aérea – para fornecer ajuda logística e operacional ao Governo Federal durante o período de combate à pandemia do vírus chinês.

O contingente militar poderá ser usado no apoio às ações federais, no controle de passageiros e tripulantes nos aeroportos, portos e terminais marítimos, e no controle de acesso das fronteiras.

Dez Comandos Conjuntos estão disponíveis para atuar especificamente nas cinco regiões brasileiras.

O Comando de Operações Aeroespaciais – uma unidade permanente de defesa nacional – também participará da iniciativa.

Uma força com treinamento especial em defesa química, biológica, radiológica e nuclear poderá ser utilizada em áreas de risco, e também na descontaminação humana, de ambientes ou de materiais.

Os militares também podem ser usados em postos de triagem para identificar possíveis focos de infecção da covid-19 em pontos estratégicos, como fronteiras e aeroportos.

Hospitais de campanha – estruturas médicas temporárias criadas para atuar em áreas de conflito ou instabilidade – poderão ser usados em apoio à rede pública e privada de atendimento de saúde.

info_defesa

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...