Ministro do MEC desmente matéria da UOL

uol fake


Em contato com o Terça Livre, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou na tarde desta terça-feira (14/5), que a notícia propagada pelo site UOL é falsa.

Diz o site: “Na véspera do que se desenha como a primeira grande greve do seu governo, com manifestações agendadas para amanhã em universidades e escolas de 26 estados e do Distrito Federal, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) determinou hoje que não haja mais cortes orçamentários no Ministério da Educação (MEC)“. Confira o link da matéria.

Segundo Abraham, isto não procede.

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

20 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Muto bom fazer essa correção. Mas a inverdade dita pelo UOL seria benéfica para o Presidente, então imagino que seja erro mesmo. Se fosse algo que prejudicasse, a chance de ter sido má-fé era maior.
    O fato é: vai ter corte (contingenciamento) na educação.

  • Agora conseguiram agitar mais ainda. Governo de imbecis. Já vou avisando que vou delatar e a famiglia que se cuide rsrsrsrsr

  • Tem que privatizar as universidades ae eles podem fazer greves a vontade, to cansando de sustentar meia dúzia de maconheiro que finge ser “estudante” e não produz nada de útil para a sociedade.

  • Tem gente que estuda nas universidades? Sim!! Mas tem muito vagabundo que se esconde atrás de uma bolsa e não produz porcaria nenhuma.

  • Uol, Veja, Exame… pertencem ao Banco BTG PACTUAL, banco que decolou com o Governo Lula, que está envolvido em muita coisa escusa. Banco tem interesses queda do Bolsonaro e na volta do PT ao poder, quem sabe até o Lula.

  • Tem que privatizar todas essas universidades produtoras de militantes intolerantes marxistas que não produzem nada de bom pra nação, com raríssimas exceções, sendo que a gente ainda tem que ficar bancando o “estudo”, alimentação e estadia desse povo doutrinado que não sabe o que significa “Ordem e Progresso”, lema do nosso símbolo máximo (Bandeira Nacional).

  • Atualmente, infelizmente, as universidades públicas brasileiras perderam sua finalidade (formar cidadãos de nível superior para o mercado de trabalho), e passaram a formar militantes doutrinados, que são usados como massa de manobra pelos partidos esquerdistas que em nenhum momento lutam pelo povo (lutam em favor de causas próprias, ideologias marxistas). Ou seja, nas universidades públicas, o errado é o certo, e certo passa a ser errado (lavagem cerebral).

  • Privatiza tudo, presidente! Acabe com a farra e com a militância dentro das universidades que NÓS pagamos!

  • Como pode haver tantos burros? Estão cortando verbas para que parasitas como “organizações de estudantes ” (que não estudam) não fiquem sugando dinheiro público! O Brasil quebrou! Mas quebrou nos governos de esquerda. Assim vc não coloca um atleta lesionado para competir, vc também precisa primeiro curar as feridas,as lesões para aí sim voltarmos a crescer! Então parem de bancar os idiotas, como se não tivessem cérebro. E tomara que a esquerda pare de sabotar o Brasil, pois PT PSOL e PC do B só estão fazendo alvoroços para estragar mais ainda o que ja estragaram no Brasil!!!
    Essa ainda é a mesma luta de 64 e o Brasil vai vencer os comunistas mais uma vez!!!!
    Minha Bandeira jamais será vermelha!!!!!!

  • Exclusivo: Assassino de delegado que investigava morte de Teori frequentava mesmo clube de tiro que Adélio e Carlos
    Publicado por Vinicius Segalla – 14 de maio de 2019

    Teori Zavascki morreu em um acidente de avião no litoral sul do Rio de Janeiro
    O clube de tiro .38, na cidade de São José, na Grande Florianópolis, é um local peculiar.

    Por lá – até onde se sabe, apenas por uma enorme coincidência – passam figuras que acabam por ter algum tipo de papel chave na história da República.

    Conforme mostrou o DCM em reportagem publicada na última segunda-feira, uma dessas pessoas é Adelio Bispo, que deu uma facada em Jair Bolsonaro durante o período de campanha eleitoral.

    Ele esteve no local no dia 5 de julho de 2018, o mesmo dia em que chegou a Florianópolis, vindo de Montes Claros (MG).

    Estava desempregado, mas arrumou dinheiro para ir treinar sua pontaria no clube, em que as atividades não saem por menos de R$ 100 a hora. Depois, passou um mês na cidade. A polícia nunca informou o que ele foi fazer lá.

    Outros que frequentam o local – e fazem e postam vídeos com os intrutores, utilizam os dormitórios e instalações do clube – são os irmãos Carlos e Eduardo Bolsonaro, como também mostrou o DCM na última terça.

    Carlos, aliás, tem o clube de tiro como seu lugar predileto para retiros espirituais, reflexões e fuga do estresse gerado pela rotina política.

    Dois dias após Adélio ter ido treinar sua mira no clube, Carlos chegou ao local para mais um fim de semana de descanso em meio às armas.

    Mas não para por aí a lista de frequentadores ilustres do .38. Outro que costumava treinar seus dotes de atirador por ali era Nilton César Souza Júnior.

    Ele é dono do conhecido Nilton Dog, trailer de cachorro quente que vende a iguaria nas versões salgada e doce (é isso mesmo) na avenida General Eurico Gaspar Dutra, no Estreito, área continental de Florianópolis.

    Conforme exibia em suas redes sociais, com fotos e vídeos, Nilton tinha um hobby: o tiro esportivo.

    Era frequentador assíduo do .38. Mas, as fotos foram retiradas das redes. Na verdade, seus perfis em redes sociais foram todos apagados.

    Foi uma decisão aconselhada por seu advogado, desde que ele matou a tiros, em uma briga de bar, Adriano Antônio Soares, então delegado-chefe da Polícia Federal em Angra dos Reis.

    Ele era o responsável pelas investigações da morte do ministro do STF Teori Zavascki, então relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

    A arma utilizada tinha registro, seu proprietário sabia manuseá-la porque frequentava o clube .38 e quem atirou primeiro foi o delegado de polícia.

    Ou pelo menos isso é o que disse o advogado do vendedor de cachorro quente, na época do crime, maio de 2017.

    “A arma tinha CR, que é o registro de circulação, ele praticava tiro esportivo na escola .38, em São José. Sobre o ocorrido, tenho informação de que o primeiro disparo partiu da arma da autoridade policial. Vamos esclarecer isso. Discutir quem deu causa, a legitimidade e ver se ocorreram excessos de algum dos lados”, afirmou, à época do crime, em maio do ano passado, disse Marcos Paulo Silva dos Santos.

    Fatos e perguntas

    Tudo isso, como se disse, não passam de coincidências, mas são também fatos jornalísticos. Ou não há interesse noticioso em contar que a pessoa que deu uma facada em Jair Bolsonaro esteve no clube de tiro que é o retiro espiritual de Carlos, que por lá esteve dois dias depois?

    Para que se evitasse qualquer tipo de especulação fora dos fatos, as autoriidades que interrogaram Adelio Bispo poderiam responder a perguntas simples, como o que levou Adelio a viajar a Florianópolis, o que ele ficou fazendo por lá durante um mês, por que ele foi no clube de tiro .38, quanto dinheiro ele gastou por lá e quem pagou, se ele chegou a conhecer Carlos e se ele sabia que aquele clube era frequentado pela família Bolsonaro.

    Enquanto não se conhecer a resposta para perguntas como essas, há espaço para muitos imaginarem que tudo isso é mais do que só uma grande coincidência.

  • Vim sedento verificar a informação depois de ter visto a notícia no UOL, mas chego aqui e só encontro “segundo Abraham, isto não procede”. Gosto muito do TL, mas acho que dá pra melhorar.

  • Cada vez mais amando a governo Bolsonaro! Só falta pulverizar a propaganda pública para os blogs e mídias sociais.

  • gostaria de saber quantas das pessoas aqui já estudou, trabalhou ou conhece nossas universidades públicas. Hoje é assim, infelizmente as pessoas falam do que não conhecem se achando o super dono da verdade

  • Não se trata de questionar alguma redução de custos, mas sim da forma que foi feita absolutamente sem critério. Esse governo já começou a acabar com o país

  • Pensei que o ministro do MEC que era o Fake.
    Que pena.

    A direita Bolsonarista é tão burra. Que consegue entregar na mão da esquerda causas justas enquanto paga de idiota por ser contrária ao óbvio. É assim com a questão ambiental, com as universidades, com os direitos individuais. Questões que são apartidárias. Aí a esquerda defende uma questão óbvia e a direita burra vai e combate isso… É ser muito sem noção cara. Mas também com um guro alienado como o que Bolsonaro tem… Esse governo ao invés de mostrar resultado, algo que enterraria a esquerda, que já estava morta, só sabe fazer confusão e vingança. Dando munição a quem eles resolveram perseguir gratuitamente…

    Quando a esquerda voltar com força e vocês quiserem culpar alguém. Procurem no espelho o culpado.
    Principalmente esse site tendencioso que brinca de fazer jornalismo lambendo as bolas do governo.

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...