Ministro retorna à Câmara para votar 2º turno da Reforma da Previdência

Foto: Jorge William


Por determinação da Presidência da República, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, será exonerado temporariamente, a partir desta terça-feira (6), para participar da votação, em segundo turno, da reforma da Previdência (PEC 6/19), na Câmara dos Deputados. A medida vale para ministros com mandato de deputado federal na atual legislatura (2019-2022).

Para o ministro, deputado federal mais votado por Minas Gerais e atualmente licenciado do cargo no Legislativo para comandar as atividades à frente do Ministério do Turismo, a reforma é uma importante ação do governo federal, além de instrumento fundamental para o desenvolvimento do turismo brasileiro.

Posteriormente à votação, Marcelo Álvaro Antônio reassume o cargo de ministro de Estado do Turismo.