MP prestes a caducar: estudantes têm até domingo para fazer a ID Estudantil



Perde a eficácia neste domingo, dia 16 de fevereiro, a Medida Provisória (MP) nº 895 que institui a Carteira Estudantil Digital lançada pelo Ministério da Educação (MEC) em 6 de setembro de 2019.

Gratuita, a carteirinha acabaria com o pagamento de R$ 35 que os estudantes fazem à União Nacional dos Estudantes (UNE) para obter o documento.

Mas o mais preocupante, é que até hoje sequer foi instalada a Comissão Especial para analisar a MP. Não existem indicados a presidente e nem a relator.

Durante o lançamento da Carteira Digital, o ministro da Educação Abraham Weintraub destacou que o programa digital geraria economia superior a R$ 1 bilhão.

Ambas cobram R$ 35 pela carteira, além do frete. Esta é uma das principais fontes de verba das entidades. A UNE fica com 20% do valor (R$ 7), e a Ubes, com 25% (R$ 10,50).

Até o momento, mais de 300 mil carteirinhas foram emitidas. Os estudantes que ainda desejam obter o documento, devem fazê-lo até domingo. O site para o procedimento é o idestudantil.mec.gov.br. 

Leia também: Maia articula com PCdoB queda da carteirinha estudantil online; MP caduca dia 16

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...