MPE vai apurar denúncia da Folha em reportagem contra Bolsonaro

mpe


O Ministério Público Eleitoral (MPE) vai apurar a suspeita de que empresas privadas estejam fazendo doações ilegais para a campanha do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL).

Pelo menos dois pedidos de investigação já foram protocolados hoje (18) na Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE). A expectativa é que outras representações sejam apresentadas diretamente ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com reportagem publicada nesta quinta-feira (18) pelo jornal Folha de S.Paulo, empresas que apoiam Jair Bolsonaro estariam pagando pelo serviço de disparo de mensagens pelo WhataApp a fim de favorecer o candidato do PSL.

Procurado para comentar a denúncia publicada pelo jornal, o vice-procurador eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros informou, por meio da assessoria do MPE, que não concederá entrevistas pois o órgão não pode antecipar qualquer posicionamento sobre casos em análise. A atuação dos pedidos de investigação apresentados ao órgão será feita no âmbito das demais representações que forem encaminhadas ao TSE.

A reportagem diz ter apurado que alguns contratos podem chegar a R$ 12 milhões. A prática, conforme lembra o jornal, é ilegal, pois, se confirmada, trata-se de doação de campanha vedada por lei e, evidentemente, não declarada à Justiça Eleitoral.

Ainda segundo o jornal, as empresas de marketing digital se valem da utilização de números no exterior para enviar centenas de milhões de mensagens, burlando as restrições que o WhatsApp impõe a usuários brasileiros. As atividades envolvem o uso de cadastros vendidos de forma irregular. A legislação eleitoral só permite o uso de listas elaboradas voluntariamente pelas próprias campanhas. O financiamento empresarial de campanha também é proibido.

Bolsonaro defendeu-se da acusação por meio de sua conta no Twitter. “O PT não está sendo prejudicado por fake news, mas pela verdade. Roubaram o dinheiro da população, foram presos, afrontaram a justiça, desrespeitaram as famílias e mergulharam o país na violência e no caos. Os brasileiros sentiram tudo isso na pele, não tem mais como enganá-los!”, escreveu o candidato, alegando que o PT “desconhece e não aceita apoio voluntário”.

Em seu canal no Youtube, o candidato do PSL respondeu a reportagem.

Fonte: EBC

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

8 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Não existe nada! Investigação baseada em boatos.
    Mas sabe esse frio na espinha? Se chama insegurança jurídica. O PT a plantou na alma de cada brasileiro ao se infiltrar em todos os lugares possíveis em todos esses anos.
    Só nos resta rezar para que o MPE ainda seja idôneo.

  • Todo mundo sabe que isso é um teatrinho para justificarem a derrota nas urnas.

    O que poucos percebem é que este teatrinho é necessário para que o PT consiga manter alguns de seus militantes após essas eleições!

    O PT também está dando uma satisfação aos seus investidores internacionais, conhecidos como meta-capitalistas, entre eles muitos ditadores, que investiram muito dinheiro no PT para defenderem seus interesses pessoais aqui no Brasil.

    Todos esperamos que nenhum imbecil dentro das instituições de governo faça nenhum ativismo político com um caso tão grave que possa custar a paz e a soberania de todo futuro de nossa nação.

    Que Deus tenha misericórdia de nós..

  • A grande preocupação ainda é as urnas eletrônicas.

    Não vi ninguem falando na possibilidade de que esse desespero todo do PT pode ser para tentar anular essa eleição de qualquer jeito apenas para esconder a fraude que irá ocorrer, e que diante da situação absurda irá escancarar todo o esquema de manipulação deles sob nossa Democracia.

    O objetivo de ocultar a fraude é a maior prioridade do PT!!!!

    O resto é apenas encenação para tirar o foco das pessoas para este problema.. a menos que eles consigam anular a eleição por agora!

    Ai só o povo indo para as ruas pedindo as Forças Armadas para intervir nessas Eleições.

    Acredito que os Militares tenham poder de indicar diretamente Bolsonaro como Presidente, assim que a Fraude for comprovada e escancarada, e divulgada a todos pelos especialistas civis.

    Jair Bolsonaro é merecidamente nosso representante político legítimo. É a ele quem o povo escolheu..

    Brasil acima de tudo e Deus acima de todos

  • Quem disse que as eleições não podem ser fraudadas????
    Isso que o PT faz é fraudulento e covarde.
    Provando a inocência de Jair Bolsonaro, quero ver a pena que se dada ao PT.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...