MPF entra com ação para barrar indicação de Eduardo à embaixada



O Ministério Público Federal entrou com uma ação civil pública pedindo que indicações para cargos de embaixador, sigam critérios que representem a efetiva experiência diplomática do candidato. A ACP pode barrar a indicação de Eduardo Bolsonaro (PSL) ao cargo.

O órgão pediu caráter de urgência, solicitando que sejam respeitados ao menos três requisitos para o cargo:

  • que a pessoa escolhida para o cargo tenha reconhecido mérito em atividades diplomáticas;
  •  que tenha prestados serviços relevantes em diplomacia para o país;
  • que essas atividades somem, ao menos, três anos de experiências anteriores.

De acordo com o MPF, a ação foi motivada após dezenas de representações serem protocoladas questionando a intenção do governo em indicar o deputado Eduardo Bolsonaro à embaixada.

Os procuradores que assinam a peça (Ivan Cláudio Garcia Marx; Luciana Loureiro Oliveira; Márcia Brandão Zollinger; Marina Sélos Ferreira; Mário Alves Medeiros e Paulo José Rocha Junior)  argumentam que os critérios “não se esgotam em sua literalidade e que a própria presidência da República analisou, em 2017, o desprestígio da política exterior no Brasil em razão da incapacidade de seus executores em conjugar o universo das instituições públicas numa atuação coordenada”.

O documento ainda ressalta uma necessidade de que haja maior preparação do corpo diplomático, e não de sua informalidade.  De acordo com a ação, os profissionais precisam ter perfil ou formação acadêmica compatível com a função as quais são indicados. Na ação, são apontados currículos de embaixadores que já serviram o Brasil em Washington.

Se os requisitos não forem cumpridos, o MPF quer que a Justiça revogue ou suste qualquer tipo de trâmite de nomeação nesse sentido, informou o Ministério Público Federal do Distrito Federal. Os procuradores requerem que seja imposta multa diária à União, caso a decisão não seja atendida tempestivamente.

Leia a ação na íntegra aqui. 

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

"Cheguei mesmo à conclusão de que escrever é a coisa que mais desejo no mundo" (C.L.) | Jornalista, Católica, 22 anos,

14 Comentários

Clique aqui para comentar

  • NUNCA se viu a MPF ‘trabalhar’ TANTO para exigir um Diplomata como Embaixador nos Estados Unidos… Que engraçado, né?

  • Mais uma vez o MPF aparelhado querendo interferir na indicação do presidente Bolsonaro. Podiam ficar calados, mas como são militantes esquerdistas, estão querendo atrapalhar a todo o custo o processo.

  • Vi essa mesma matéria no portal Globo, não li, estou lendo agora e se bem entendi a coisa é bem esdrúxula. Para evitar a nomeação de Eduardo Bolsonaro a MPF quer criar novas regras, ou seja, a MPF quer simplesmente mudar as regras de nomeação de embaixadores. Quer dizer que o Ministério Público Federal NUNCA na história viu problema algum nos critérios estabelecidos a anos para nomeações de embaixadores, mas agora, como essas pessoas (não o órgão) não gostam do governo elas querem mudar a regra. Definitivamente em nosso País o cachorro mija no poste.

  • Tanto desgaste desnecessário só para agradar filho! Bolsonaro, com isso, só prova que é mais do mesmo. Que diferença tem em tornar o filho um “Ronaldinho dos negócios” ou um “Ronaldinho da diplomacia” na base da canetada, dobrando-lhe o salário e enchendo-o de mordomias? NENHUMA! E PRA COMPLETAR A PORCARIA, NÃO QUER DELTAN .

  • Maria P. Você está dizendo besteira. O cargo de diplomata depende de indicação únicamente do presidente da república, e o Eduardo seria ótimo para a relação com os EUA, inclusive aumentar o comercio com o país.

    O Deltan é esquerdista, desarmamentista e etc. Faria um péssimo trabalho na PGR.

  • MPF totalmente cooptado pela esquerda fazendo o papel de defender as ideologias dos esquerdopatas. Impressionante, estes petralhas estão em todo lugar: MPF, MPRJ, Juízes, Professores – que corja que só fazem prejudicar o Brasil.

  • Isso é inconstitucional.

    É prerrogativa do Presidente determinar quem será sua equipe de governo, bem como ministros como principais embaixadores que farão parte da estratégia para a política externa.

    Deus nos dê paciência pra tanto proselitismo político de funcionários publicos militantes aparelhados, pra tanto marxismo cultural, tanto corporativismo de classes entre funcionários publicos que sequestram o Estado de acordo com sua vontade, colocando os governos de joelhos para minorias e seu ativismo judicial tolo, minando o conceito de República Democrática na qual o povo votou e escolheu seu líder, com todas suas ideias colocadas no Plano de governo, feitas para alavanvarem o progresso da nação.

    Muitas pessoas pedem Deltan como PGR, ou para o STF mas não sabem que ele é mais um destes Social Democratas entreguistas, que apesar de honesto e competente dentro de sua área de atuação profissional não passa de mais um ‘idiota útil’ como todo liberal que não entende a guerra cultural e a importancia da defesa dos valores intelectuais e morais do conservadorismo.

    Que Deus tenha piedade de nós..

  • Toffoli foi reprovado 2 vezes em concurso para Juiz, nunca foi mais do que Advogado, e ocupa atualmente o mais alto cargo do Judiciário no Brasil e inclusive é o presidente do STF no momento. Foi aprovado numa boa pelo Senado. Foi indicado por Lula. Se fosse indicado por Bolsonaro …………………..
    Se Bolsonaro descobrisse a cura da AIDS, teria uma multidão contra.

  • Eu acho que o MPF tem razão. Para ser diplomata é necessário ter a idade mínima de 18 anos e diploma de curso superior, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), em qualquer área de formação, PORÉM seria necessário Eduardo Bolsonaro ter passado em CONCURSO PÚBLICO nesta carreira. Como ele não fez isso, não poderia ser diplomata, ainda mais que não tem NENHUMA EXPERIÊNCIA relativa ao cargo. 😉

  • Onde esteve o MPF esses anos todos? Ou vamos às ruas novamente ou quem vai mandar nesse governo são os verdadeiros bicho papão!!!

  • Qual é a preocupação do Ministério Publico Federal, e, quando o governo petista nomeou o motorista e terrorista Aloisio, se não, o acesso do Governo Brasileiro (Bolsonaro), a todas as informações, tecnologia, contrôle dos corruptos que roubam, e partem para os paraísos fiscais, que sangram o Brasil. É Um jogo de Paciência, Que vai começar agora com a nomeação do PGR de DIREITA!

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...