fbpx

MST invade fazenda, queima seis carros e fere vigilante à foice em Eunápolis

 


Um grupo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiu uma propriedade na zona rural de Eunápolis, no sul da Bahia, na última terça-feira, 2.

A ação aconteceu depois que uma empresa entrou com ação judicial para reintegração de seu terreno, que havia sido invadido pelos Sem Terra.

De acordo com as informações, os membros do MST estavam armados com facões, enxadas, foices e paus e feriram um vigilante, que teve de ser socorrido ao hospital, e incendiaram seis carros.

Nenhuma das lideranças do movimento se pronunciou sobre a invasão até o momento.

Confira as imagens:

*Com informações do site Jacobina Notícias

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

11 Comentários

Clique aqui para comentar

  • MST é um grupo de extremistas criminosos que deve ser combatido na mesma medida.

    #ArmamentoCivilJá

  • Aqui em Alagoas este vídeo saiu como se fosse em terras da Usina Seresta entre Teotônio e São Miguel dos Campos

  • Criminosos armados com foices e machetes contra homens desarmados que estavam cumprindo seu trabalho, depois vem a turma do desarmamento falar bobagem.

    Um tiro para o alto ali já teria evitado que os seguranças tivessem sido atacados covardemente.

    Desarmentistas, cobrem pesadas punições para os invasores também,afinal arma branca também é proibido !

  • Uai, tá tudo OK! Nada demais, tudo dentro da normalidade. Afinal de contas, quem não pode usar a força, de jeito nenhum, é a direita conservadora, a direita-tijolo, as ovelhinhas da tolerância. (Não existe alternativa para falar desse disco arranhado chamado Brasil sem ser recorrendo ao sarcasmo.)

  • Já é o início das ações “comemorativas” pela derrubada do Decreto Lei do PR que liberava as armas para os fazendeiros e outras atividades de risco. Também, me parece, o início das “atividades de resistência nos territórios amigos” (o que sobrou da miséria vermelha – o Nordeste). Parabéns ao Congresso, SQN.

  • Isso o Guilherme Boulos não comenta né.

    “Desarmem os seguranças, serão recebidos com livros”. diziam eles

  • O proprietário tem o direito de defender sua família e seu patrimônio, usando armas de fogo, se preciso for!
    Muita audácia desse povo, fazer essa invasão e depredação, uma vez que esse governo não os apoia, como fazia o PT que na verdade, os usava como massa de manobra.
    O PT os mantinha e sustentava para engrossar as manifestações e eles aproveitam pra ganhar dinheiro invadindo propriedades estruturadas e bem localizadas, pra venderem mais fácil e por melhor preço.
    É preciso acabar de vez com esses baderneiros pois, a grande maioria é de grileiros profissionais, nem sabem se melancia dá em árvore ou rasteira, querem terra pra vender e ir grilar outra!

  • depois que o povo não quer mais votar no PT aí vem dizer que nós é fascista kkkk , bando de hipócritas. tomara que o governador da bahia leve impeachment

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...