BrasilNotícias

MTST ataca prédio de Cármen Lúcia em Belo Horizonte

Local foi vandalizado com tinta vermelha

O prédio onde fica o apartamento da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, em Belo Horizonte, foi atacado na tarde desta sexta-feira por baderneiros do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e do Levante Popular da Juventudade. Os dois “movimentos” compartilharam registros do ato em suas páginas no Facebook.

segundo a assessoria de imprensa da presidente do STF, não havia ninguém no apartamento no momento do ataque,

Haviam três ônibus de “militantes” nos arredores do prédio, localizado na região centro-sul da capital mineira.

Ver mais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Isso é terrorismo, tem que enquadrar esses bandidos, agora jogaram tinta daqui a pouco vão jogar bombas, prisão para esses safados terroristas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close