Número de novos casos de Covid-19 na China continuam a cair enquanto ritmo de mortes aumenta



As autoridades médicas da China informaram esta sexta-feira que nas últimas 24 horas foram confirmados no país 327 novos casos de Covid-19 e mais 44 mortes ocorridas devido à doença causada pelo coronavírus inicialmente detetado na cidade de Wuhan.

Os novos dados representam uma queda de 24,5% no número de novos contágios em relação ao dia anterior. No entanto, a quantidade de mortes aumentou 52% em comparação com quarta-feira.

De acordo com o último balanço da Comissão Nacional da Saúde, a China já totaliza 2.788 mortes e 78.824 casos confirmados de Covid-19.

Do total de casos confirmados, 39.919 continuam ativos, menos 8% que no balanço anterior. Entre esses casos, 7.952, ou 20%, estão em estado grave. A boa notícia é que 36.117 pessoas conseguiram recuperar e receberam alta médica, mais 11% de que na quarta-feira.

Até ao momento foram monitorizadas mais de 656 mil pessoas que tiveram contato com os infetados, e 65 mil continuam em observação. Atualmente, o número de suspeitos de estarem infetados é de 2.308.

As autoridades de saúde também divulgaram o último balanço da província de Hubei, foco da epidemia, que agora acumula 84% dos casos e 96% das mortes por Covid-19 registados na China.

Já foram registados 65.914 casos confirmados e 2.682 mortes em Hubei, mas o número de altas médicas continua a aumentar (3.203 pacientes curados no último dia), totalizando 26.403.

Os números oficiais mostram que no resto da China foram registados nove novos casos e três mortes: duas na capital, Pequim, e uma na região de Xinjiang.

(EFE)

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...