fbpx

ONU dá dicas para tornar discurso mais ‘inclusivo’: dizer ‘marido’ e ‘esposa’ seria ofensivo

 


A Organização das Nações Unidas (ONU) lançou dicas de linguagem para tornar o discurso social “mais inclusivo”.

De acordo com a ONU,  as pessoas devem escolher cuidadosamente suas palavras para garantir “felicidade” e “aceitação” em um “mundo mais igualitário”.

Nesta segunda-feira (18), as Nações Unidas twittaram: “O que você diz importa. Ajude a criar um mundo mais igualitário, usando linguagem neutra em termos de gênero, se não tiver certeza sobre o gênero de alguém ou se referir a um grupo”.

As dicas linguísticas incluem o uso da palavra “cônjuge” em vez de “marido” ou “esposa”; “proprietário” em vez de “proprietário”; “nome de família” em vez de “nome de solteira”; e mais.

A ONU ainda propõe mudanças em palavras como: “salesman” (vendedor), substituindo por “salesperson”, trocando  “man” (homem) pelo genérico “person” (pessoa).

O objetivo é deixar os termos substantivos mais “neutros” em termos de gênero. Também seriam mudadas as palavas “fireman”, “congressman”, “businessman” e substituiria-se “boyfriend” e “girlfriend” por “partner”.

De igual modo com as palavras “mankind”, “chairman”, “congressman”, “businessman”, “fireman”, excluindo-as todas em razão da referência ao substantivo “man”.

Com informações, The Blaze

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Meu Deus, não é possível que a caquética e há muito tempo ineficiente ONU não tenha nada mais relevante para fazer em um mundo tão cheio de prolemas!!!
    O modelo existencial e funcional da ONU tem de ser repensado com urgência máxima!

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...