BrasilNotícias

Operador do Hezbollah preso em Foz do Iguaçu

O mandado de prisão preventiva foi autorizado pelo ministro Marco Aurélio Mello

Assad Ahmad Barakat, 51 anos, libanês, foi preso pela Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

Barakat é acusado de ser um dos principais operadores financeiros do grupo terrorista Hezbollah, pela Justiça da Argentina, dos Estados Unidos e do Paraguai.

Estava sendo procurado por uso de documentos falsos no Paraguai, que originou o pedido de prisão. Quem autorizou o mandado de prisão preventiva foi o ministro Marco Aurélio Mello.

No ano de 2001, Assad foi entrevistado por José Maschio, o Ganchão.

Ver mais

Ricardo Roveran

Aquariano bonitão. Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escreve por amor e nas horas vagas salva o mundo.

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. Enquanto isso ninguém sabe para que serve a ABIN realmente.
    Agência Brasileira da Inteligência Negativada.
    Não sabe de nada;
    Não serve para nada;
    Nunca vê nada;
    Nunca ouve nada;
    Nunca descobre nada;
    Arapongas de 5.a categoria, perdem para qualquer detetive de esquina. E o povo paga os salários desse troço.

  2. Se você confiar duas tartarugas à ABIN para que seus arapongas as levem para tomar sol em uma pracinha da cidade toda monitorada, vigiada pela ABIN, uma das tartarugas consegue escapar…

  3. Só de colocar o BNDES a serviço de repugnantes ditaduras latino-americanas e africanas, a dívida pública do Brasil já ultrapassou a casa dos TRÊS MILHÕES de reais.
    O p/t tem novo dono. Não está nas mãos do lula, o pior, o hadadd e manuela são os novos donos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close