Oposição na Bolívia quer renúncia de presidente e fechar fronteiras

Evo Morales


Agência Brasil

Lideranças de oposição ao presidente Evo Morales, da Bolívia, decidiram radicalizar os protestos e paralisar o país. Liderados por Luis Fernando Camacho, presidente do Comitê Cívico Pró-Santa Cruz, os opositores afirmam que fecharão serviços públicos e fronteiras para bloquear a entrada de recursos e forçar a renúncia de Morales.

Eles querem novas eleições e a saída do presidente. Camacho afirma ter o apoio da polícia e das Forças Armadas para sustentar a paralisação.

Líderanças de oposição e do Comitê Nacional de Defesa da Democracia (Conade) decidiram “paralisar desde à 0h de hoje (5/11) todas as instituições estatais e as fronteiras da Bolívia de maneira pacífica, mas firme e comprometida, com a única ressalva de deixar funcionando os aeroportos internacionais e serviços básicos essenciais e emergências médicas“.

No sábado, Camacho afirmou que Evo Morales teria 48 horas para renunciar. O prazo do “ultimato” terminou na noite de ontem e Camacho decidiu ir a La Paz entregar ao presidente um documento pedindo sua renúncia.

Durante a madrugada, ao desembarcar na capital boliviana, o opositor foi impedido de sair do aeroporto, pois havia manifestantes pró-Morales esperando-o. Assim, ele teve de regressar a Santa Cruz na manhã de hoje por medida de segurança.

Hoje é o 15º dia de protestos no país. As manifestações começaram no dia 20 de outubro, após as eleições que deram a vitória em primeiro turno a Evo Morales, após uma confusa apuração, com suspeitas de fraude eleitoral.

OEA promove auditoria

Uma delegação da Organização dos Estados Americanos (OEA) realiza, desde a quinta-feira passada (31), uma auditoria na apuração dos votos no país. A missão, que conta com 30 especialistas, tem o objetivo de verificar se houve manipulação de dados e fraude em favor do partido Movimento ao Socialismo (MAS), do atual presidente. O resultado da auditoria deve ser divulgado na próxima semana.

O chanceler boliviano Diego Pary afirmou segunda-feira (4) que Camacho e as lideranças de oposição estão organizando um golpe de estado. “Esta segunda-feira e amanhã serão dois dias decisivos para o meu país, são dias em que será definido se a Bolívia vai continuar na rota democrática ou do golpe de estado que promovem os setores cívicos de Santa Cruz, encabeçados por Camacho“, disse Pary.

A presidente do Senado, Adriana Salvatierra, disse que Camacho “está conduzindo uma aventura de golpe” e respondeu que o pedido de demissão do presidente é irrelevante.

Como o pedido de demissão do presidente Evo Morales foi ridículo, desta vez ele [Camacho] lançou uma séria ameaça de prejudicar o país e a economia, como o fechamento de instituições e de fronteiras“, finalizou Salvatierra.

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

7 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Sinceramente, olha um opositor fazendo lambança a lá Guaidó, na Venezuela.

    Se já tem uma comissão da OEA auditando a eleição, porque Camacho quer fechar as fronteiras e prejudicar ainda mais o país?

    A direita latinoamericana é inacreditável. Gostam de se perder na própria ignorância.

  • Boa Camacho, em bandido a ´porrada tem que vim forte, esquerda tem q levar na cara…o povo esta do seu lado, o povo de bem e claro, idiotas manipulados são tipo esquerdista daqui..jumentinhos..kk não alivia não, não deixe respirarem..bata e bata mais forte q puder ate matar a praga….esquerda e um cancer maldito em todo mundo

  • Um estudante amigo. Eu que estuda lá disse que esse Camacho é um dos grandes devedores de impostos. Que está agindo em causa própria e as pessoas está de saco cheio com essa história de levar a Bíblia na mão direita e a carta de renúncia na outra e que Deus vai fazer Evo renunciar…

  • E tudo indica que o Foro de SP (=grupo de Puebla) frauda as eleições na Bolivia…Por isso, temos que acabar com o voto exclusivamente eletrônico no Brasil. Pensem pq USA e Japão já estudaram o sistema eleitoral eletrônico brasileiro e não quiseram adotar um igual???? Pq sabem que não confiável!

  • OEA auditarem os votos? É trocar 6 por meia dúzia. Sempre que governos esquerdistas já vem com o choro e chamam seus opositores de golpistas…já é um jargão de praxe…Evo Morales sempre ganhar eleições ainda no primeiro turno…isso sim é um golpe…

  • Cada povo tem o líder que merece. Infelizmente a Bolívia, Venezuela, Cuba e afins deixaram esses monstros alcançarem o poder. Aqui no Brasil, graças a incompetência do lixo de Curitiba, o Brasil n está igual, o povo brasileiro orou e Deus inclinou Seus ouvidos e levantou um homem dígno e honesto para liderar e presidir essa nação embora há mt laranja podre que deverá ser removida. A começar pelo STF e Congresso Nacional.

    Argentina indo pro mesmo caminho da ditadura peronista.

  • Já renunciou…!!! Acordem,atualizem este Site, pessoal…
    E a Mídia Podre chamando este ditador de ” líder indígena”…!!!
    E o Maduro…cai quando…???
    Chupa essa Lula, SEU CRIMINOSO…!!!

Blog Authors

Alexandre PachecoAlexandre Pacheco

Alexandre Pacheco é Professor de Direito na FGV, Advogado, Palestra...

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...