fbpx

Os supersalários do Judiciário e a crise econômica

stf ministros
 


O Terça Livre conversou neste sábado (30/5), com o advogado e diretor jurídico do Instituto Nacional dos Advogados (INAD), Pierre Lourenço, sobre a proposta de redução dos supersalários do Judiciário enviada ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Pierre procurou demonstrar que este corte na carne dos magistrados se faz necessário neste momento, quando o país se prepara para atravessar uma crise econômica cruel após o fim da crise sanitária do coronavírus.

A crise de saúde já se estende por dois meses e a luz no fim do túnel é ainda uma incógnita. A cada movimento do ponteiro dos minutos no relógio o estrago nas finanças nacionais se impõe e cresce, ameaçando o patrimônio do Estado do setor privado.

O relógio é o inimigo do administrador da coisa pública neste instante e Lourenço, como diretor de uma associação de advogados resolveu tocar o dedo na ferida.

Confira a entrevista completa

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

2 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Infelizmente boas propostas não prosperarão. Uma horda de juízes socialistas infestam os tribunais e sabemos como pensam as nobres cabeças, “farinha pouca meu pirão primeiro”.

  • Tinha que acabar com a indicação de qualquer um pro STF. Que fosse pelo menos escolhidos entre os ministros dos tribunais superiores e não qualquer advogado de facção ou outros que nunca passaram nem pra concurso de juiz de primeira estância.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...