fbpx

Países do G20 não preconizam isolamento total como medida de combate ao vírus chinês

 


Durante reunião do G20 na manhã desta quinta-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro enfatizou a necessidade de preservar a saúde, mas também os empregos.

Conforme relatou uma fonte do governo ao Terça Livre, Bolsonaro manifestou preocupação com os vulneráveis e também falou das pesquisas do Brasil e outros países sobre a cloroquina.

Os países em geral concordaram com a necessidade de trabalhar para que fossem preservadas as duas frentes: a saúde dos mais vulneráveis e os empregos.

Todos manifestaram preocupação com a necessidade de recuperação econômica e dos empregos. E também das cadeias produtivas.

Ainda de acordo com com as informações, nenhum país preconizou medidas de isolamento total. Quase nenhum deles adota isso.

Ninguém advogou uma solução geral à pandemia do coronavírus: Apenas compartilharam experiências próprias.

Por fim, todos manifestaram a intenção de cooperação e também com outros países e a percepção é que o G20 está sendo chamado na recuperação econômica como atuou em 2008.

Leia também: G20 injeta US$ 5 trilhões na economia global para conter coronavírus

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...