Papa Francisco se oferece para mediar crise da Venezuela

Papa Francisco
 


O Papa Francisco se dispôs nesta terça-feira (5/2) durante a viagem entre Emirados Árabes e Itália, a mediar a crise venezuelana.

A decisão do pontífice foi comunicada pela Rádio Vaticano.

Para que a mediação ocorra, é necessária a vontade de ambas as partes, que ambas as partes pedem”, disse.

O ditador Maduro enviou-lhe uma carta via bolsa diplomática, que até a tarde de ontem, antes da declaração, não havia sido aberta ainda.

“Eu não li ainda, vamos ver o que pode ser feito.”, afirmou. “Agora vou ver essa carta, vou ver o que pode ser feito. Mas com a condição de que ambas as partes peçam por isso. Eu estou sempre disposto.”, completou.

Ele lembrou que o papa João Paulo II mediou um impasse entre Chile e Argentina.

O pontífice comparou a situação com uma briga de casal. Segundo ele, primeiro um dos lados procura o padre, em seguida o outro.

“Quando as pessoas vão ao padre porque há um problema entre marido e mulher, primeiro um vai. Mas ele pergunta: a outra parte quer ou não quer? Mesmo para países, essa é uma condição que deve fazê-los pensar antes de pedir facilitação ou mediação”, destacou.

Maduro disse que pediria ao Papa auxílio para abrir o diálogo.

 * Com informações da Agência Brasil

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

9 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Parece que já está tudo alinhado para a mediação pacífica!

    Comunistas e Globalistas de um lado: Rússia, Papa, ONU, Maduro e do outro lado os EUA e umas 14 nações da América do Sul..

    Está meio claro que este cabo de guerra é uma armadilha para limitar o crescimento econômico dos EUA, pois algumas nações só aceitam a influência econômica dos EUA quando esta favorece aos interesses de quem já está no poder regional.

    Me parece que o fiel da balança ai pode ser a Itália.

  • ESSE CHICO, QUE SE VESTE DE PAPA, NÃO CONSEGUE ENGANAR MAIS NINGUÉM, ESSE CARA ESTA A SERVIÇO DA RÚSSIA E DA CHINA.
    UM CARA QUE ACEITA UM PRESENTE DO COCALEIRO MORALES UM CRISTO CRUCIFICADO EM UMA FOICE E MARTELO E AINDA AGRADECE…. NÃO DA PRA ESPERAR NADA DE BOM!!
    UMA VERGONHA PARA IGREJA CATÓLICA!!!

  • Não há o que intermediar nem governo que massacra a própria população. Causando imigração em massa para outros países,levando vários problemas fitosanitários, violência as nações que às recebem. Há de se considerar que a maioria são pessoas de bem, mas sempre vem uns indesejáveis no meio.
    Quanto a comparação de um possível conflito entre Argentina e Chile, esta sim é passível de intermediação. Afinal são duas nações que lutam por seu interesse. Na Venezuela não ocorre isso. La é um governo extirpando o próprio povo para se manter no poder a qualquer custo. Povo esse incapaz de se defender. Como católico que sou digo que tenho vergonha desse Papa.

  • A Igreja tem o clero que merece, afinal eles saíram do meio de nós, não são extraterrestres vindos do céu para ministrar os sacramentos necessários para nossa salvação. Oremos para que o Espírito Santo renove a Igreja, com ondas de novas e boas vocações. E que nós mesmos, leigos, venhamos a nos converter mais e mais, afinal, ficar chocado com o mundo não é o bastante: precisamos de comunhão com os grandes Santos, Nossa Senhora, os sacramentos, as orações e devoções, além de uma vida livre dos pecados capitais.

    São Padre Pio e Nossa Senhora de Aparecida, roguem por toda Igreja e pelo mundo todo.

  • Gente!
    Papa Francisco não intrometeu nos problemas da Venezuela. Ele recebeu uma carta do Maduro, convidando-o a participar junto com outras autoridades, para mediar a situação da Venezuela.Dialogar.

    ÔÔÔ mania de atirar pedras sobre as pessoas!
    Ofender pessoas.

    Sede justos na medida e no peso de suas palavras,e em nada lesai os outros, não corrompais mais a terra.DEUS não muda o destino de um povo até que o povo mude o que tem na alma.

  • Ridícula comparação. Numa briga entre marido e mulher não estão em jogo milhares de vidas que se encontram na mais completa miséria.

  • Aos que estão criticando CHICO, faço-lhes uma pergunta, vc´s queriam que ele respondesse o que? que fizesse um discurso inflamado, de oposição a Maduro…Não é papel da Igreja, jogar gasolina na fogueira. Francisco esta sendo prudente, pois a Igreja é portadora da paz. Imagina se desencadeia uma conflito armado por causa de um discurso inflamado do papa, ficaria muito ruim para a Igreja. Por mais que envolva vida de pessoas a igreja tem que ser cautelosa porque isso é uma questão politica.

  • Putz, só palhaçada, esse comuno de batina querendo aparecer, mediar o que? O Nicolás Maluco tem de sair de lá e ponto, não se discute com bandido.

  • O Papa como Chefe de Estado (vaticano)pode ir de encontro mas tambem nao ir. Qualquer decisao que tomar será motivo de criticas. Penso que o melhor é: Dê a ele Senhor Sabedoria como fez com Salomão.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...