fbpx

Parlamento da Turquia aprova lei para ‘regular’ conteúdos das redes sociais

Presidente-Turquia-Tayyip-Erdogan
 


O parlamento da Turquia aprovou, nessa quarta-feira (29/7), uma lei que “regulamenta” as redes sociais no país. Na verdade, as normas aumentarão a censura e ajudarão autoridades a silenciar divergências.

O AK, partido do presidente turco Tayyip Erdogan, que tem maioria com um partido nacionalista aliado, apoiou o projeto. A assembleia começou a debater a nova legislação na terça-feira, e sua aprovação foi anunciada pelo parlamento no Twitter.

A lei exige que sites de mídia social estrangeiros nomeiem representantes com base na Turquia para abordar as “preocupações” das autoridades sobre o conteúdo e inclui prazos para a remoção do material ao qual eles fazem exceção.

As empresas podem enfrentar multas, bloqueio de anúncios ou reduzir a largura de banda em até 90%, essencialmente bloqueando o acesso, de acordo com os novos regulamentos.

Como a maioria da mídia tradicional da Turquia ficou sob controle do governo na última década, os turcos adotaram as mídias sociais e os menores canais de notícias on-line para ouvir críticas e notícias independentes.

Os turcos já estão fortemente policiados nas redes sociais e muitos sofrem acusações por insultar Erdogan ou seus ministros, ou críticas relacionadas às incursões militares estrangeiras e ao combate ao novo coronavírus.

Antes da aprovação do projeto de lei, um porta-voz do “Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos” disse que o projeto de lei “daria ao Estado ferramentas poderosas para afirmar ainda mais controle sobre o cenário da mídia”.

O porta-voz presidencial, Ibrahim Kalin, disse que o projeto não levaria à censura, mas estabeleceria “laços comerciais e legais com as plataformas de mídia social”.

Erdogan criticou repetidamente as mídias sociais e disse que o aumento de “atos imorais” on-line nos últimos anos se deve à falta de regulamentação.

Assista aos comentários da notícia:

Fonte: CNN Brasil

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...