PCC, Comando Vermelho e a guerra das facções contra superministro Sérgio Moro



A duas maiores facções criminosas do país, Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC) se uniram para enfrentar o superministro Sérgio Moro, da Justiça e Segurança Pública.

Em fevereiro foi assinada uma norma na Portaria 157, que proíbe o contato físico entre os familiares e os detentos, além de reforçar o veto às visitas íntimas.

Contra esta norma os criminosos das duas facções entraram na Justiça através de advogados do Instituto Anjos da Liberdade, uma ONG que atua em prol dos direitos dos presos nas unidades federais.

A contestação chegou diretamente ao Supremo Tribunal Federal (STF) sob o argumento que a portaria estaria violando preceitos fundamentais de encarceramento.

A intenção da portaria, segundo Moro, é dificultar a comunicação dos presos com o mundo exterior, que enviavam recados por familiares e advogados aos criminosos soltos.

Os condenados que eram membros de facções, as lideranças de quadrilha e afins, que tentaram fugir, perderam o direito às visitas íntimas.

Trocando em miúdos: Moro deu uma cacetada no esquema de controle do crime que acontecia dentro das detenções e os presos ficaram bravinhos.

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

16 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Forças armadas, apoio total a MORO, isso é sério, não deixem MORO sozinho, força total e inteligência pra cima destas organizações!

  • Assim como o Lula, em menor ou maior grau, Moro é um corrupto. Nunca condenou nenhum político do PSDB. Quando confrontado, diz que foi porque nunca recebeu nenhum caso. Conte essa história pra uma criança. Ele é amigo do Aécio, tirou muitas fotos ao longo dos anos com bandidos do PSDB.

  • Felipe, Globo e folha dias atrás estavam fazendo coro com o intercept pedindo a suspeição de Moro, a nulidade de processos e já apontando como impossível a continuidade do ministro no governo. Como o traque do verdevaldo não afetou nada, agora é o presidente que atrapalha os nobres projetos do Moro. Já o antucanista, por ter feito um jornalismo até meia boca num passado remoto, se acham os reis da cocada preta e querem tutelar o presidente. Nojo desse bando de pseudo-jornalistas embusteiros.
    Quebraram 10 anos de sigilo do Flávio e até agora não acharam nada. Essa narrativa de proteção ao filho não se sustenta de pé pra quem tem mais de 2 neurônios.

  • O Moro é que vai estar preso em breve, veremos se ele vai se aproximar daquela vaca que mora com ele…kkkkkkkkkk

  • Ai me vem um jornalista analfabeto publicar que fações criminosas está de guerra com apenas o juiz Moro …Não meu amigo de site de noticias lesado essa guerra não e só do juiz Moro …essa guerra e da nação Brasileira ..e a nação que está em guerra com esses criminosos e nois que estamos perdendo seu jornalista ignorante .

  • Problema desses militantes petistas e que tiraram o doce da boca desses vagabundos…que vivia de alguma forma de alguns benefício público são vagabundos que mamou anos de benefício público e achava que isso nunca iria acabar….vão trabalhar raça de vagabundos vocês deveriam ser fuzilados….aquando a rede globo ou folha sp e outros…acreditem esses órgãos de imprensa não tem força para nada esquece são pife.

  • Sem fontes, só acusações. Bajulando o Moro. Isso não passa perto do que seria uma reportagem jornalística. Deveriam regulamentar novamente a profissão.
    O fato é que temos por aqui:
    Juiz suspeito, família do executivo suspeita, intervenção na PF, ministros doutrinados e declaração de morte à pesquisa brasileira, nepotismo. Que triste destino, Brasil.

  • ANJOS da LIBERDADE ? Está “mais para” os ANJOS CAÍDOS, lutando para VENCER os Anjos de Luz

  • Seria mais interessante se o governo bolsonarista aprovasse uma lei que torna pública, simples e gratuita a CONSULTA DE ANTECEDENTES CRIMINAIS, com prazo de prescrição de, no mínimo, 10 anos após o meliante pagar a pena. Isso sim ajudaria e muito a população de bem. 😉

  • Parabéns ao nosso ministro por causar dores agonizantes de morte ao crime organizado, tão defendido por partidos de esquerda do brasil. Chora, esquerdalha do cacete, chora!!!

  • Acabar com órgãos de utilidade pública como o DOPS e o DOI-CODI foi como retirar as ratoeiras e espalhar o queijo para a CORJA de ratos.

  • É mais fácil Jair Bolsonaro levar outra facada e o ministro Sérgio Fernando Moro sair do Ministério da Justiça, do que o CVRL e o PCC 1533 refrearem suas ações por se sentirem “ameaçados”. Conte outra rapaz o crime organizado nunca deixará de existir e sempre se fará presente nas principais capitais do país.

  • No Brasil é difícil fazer o certo . E é difícil fazer o óbvio. Quem leva msg e celular pra bandido é a família e advogado. Isso é uma das pontas soltas que já era de se pensar a muito tempo. Só agora tivemos um ministro com coragem de fazer o óbvio.

Blog Authors

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...