fbpx

PF investiga sobrepreço no Hospital de Campanha de Aracaju

policia federal pf
 


A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (7/7), a Operação Serôdio, que  investiga direcionamento e sobrepreço na contratação de uma empresa por mais de R$ 3,2 milhões. Essa operação tem como objetivo obter provas para a investigação que apura o desvio de verbas públicas, associação criminosa, corrupção, fraudes na licitação e na execução do contrato para montagem da estrutura necessária ao funcionamento do Hospital de Campanha de Aracaju/SE.

A operação, com o apoio e a participação da Controladoria-Geral da União (CGU/SE), também procura provas da integridade de outras contratações concernentes ao referido hospital, a exemplo da rede de gases, rede elétrica e rede hidro sanitária.

O contrato investigado foi celebrado pela Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju/SE, por meio de dispensa de licitação, e é custeado com recursos da União, envolvendo o montante de R$ 3,2 milhões, repassados ao município para o desenvolvimento de ações voltadas ao enfrentamento da pandemia de COVID-19.

Informações: Agência Brasil

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...