Presidente da CPMI das Fake News está na Rússia ‘absorvendo conhecimento’ para combater desinformação



O senador Ângelo Coronel,  presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, está na Rússia.

Em suas redes sociais, ele justificou que está “absorvendo conhecimento” para combater a desinformação.

“Como presidente da CPMI das Fake News, vim conversar com especialistas e trocar experiências para discutirmos como combater esse mal que destrói famílias e atrapalha democracias”, escreveu.

O país comandado por Vladimir Putin é conhecido pelo controle da internet. Vale lembrar que em maio deste ano, Putin promulgou uma lei polêmica, para criar uma “internet soberana” na Rússia, afastada dos grandes servidores mundiais.

À época, medida foi denunciada por críticos como sendo uma forma de ampliar o controle de autoridades sobre a rede. O texto da lei, publicado no site oficial do governo russo, prevê sua entrada em vigor em novembro.

 

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

12 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Mais um oportunista aproveitando qualquer pretexto para praticar turismo com dinheiro publico.
    Escolheu um péssimo lugar para trocar experiência produtiva . A Russia é o país com maior numero de hackers, porque o policiamento é bem capenga.
    Nosso senador baiano é formado em engenharia civil , e de eletrônica e pro0gramação não deve entender um “a” que seja.
    Lugar bom para aprender sobre o assunto seria os EUA , eles sim infestados com fake news, e não precisaram de novas leis e de comissões do senado . É só aplicar as leis que já existem da mesma forma que eram aplicadas antes das mídias sociais.
    Pensam que a zorra começou com estas mídias sociais citadas , mas a verdade é que a boataria e mentiras sempre existiram no Brasil e nunca foram punidas . Querem começar a punir agora ?

  • Quem sabe ele seja submetido ao tratamento do MK ULTRA por lá, se fragmente todo, e se transforme numa “entidade” que nos conte toda a verdade por trás dessa SACANAGEM TODA!

    É demais minha gente!

  • Conselho de Comunicação Social quer punir quem divulgar notícias falsas – (Diário do Poder – 07/10/2019)

    Uma das medidas previstas é a responsabilização das plataformas digitais, como Whatsapp e Facebook.

    https://diariodopoder.com.br/conselho-de-comunicacao-social-quer-punir-quem-divulgar-noticias-falsas

    Quando os “parasitas” de legislativos entenderem amplamente sobre o que acontece nos “bastidores” da internet, serão mais úteis à sociedade e deixarão de fazer papel de safado que só atua em causa própria, às custas dos contribuintes que pagam todos os espetáculos.

    Quer combater fake news, sem combater spam, otário?

  • KKKKKKKKKKK! 😀 Eu não disse? Não é só a “Esquerdalha” que está interessada em combater e punir quem espalha Fake News na rede, mas, sim, praticamente TODOS OS POLÍTICOS E AUTORIDADES, pois é do interesse deles. Só não conseguiram até agora pois se esbarra na “Liberdade de Expressão” e “Censura” nos meios digitais. Mas NÃO SE ILUDAM! Mais cedo ou mais tarde, eles irão aprovar alguma coisa nesse sentido e quem criar/espalhar Fake News será punido. Se cuidem! 😉 KKKKKKKKKKKKKKKKK! 😀

  • Toda vez que olho pra cara desse Agnelo Coronel me da vontade lhe dar um bom tapa nessa sua cara de bosta, essa porra-louca desse Senador não sabe que a Russia junto com a China são os países que mais restringem a liberdade de informação?

Colunistas

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...