fbpx

Presidente da OAB que criticou a Lava Jato defende o afastamento de Moro

Felipe Santa Cruz
 


O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, visitou o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, nesta quarta-feira (12/6), em Brasília. Santa Cruz foi entregar as indicações da OAB para integrar os conselhos nacionais do Ministério Público e da Justiça. Os nomes são sabatinados na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e depois votados em Plenário.

No encontro, o presidente da OAB defendeu o afastamento do procurador da República, Deltan Dallagnol, das investigações da Operação Lava Jato e do ex-juiz federal Sérgio Moro de seu atual cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública.

“O melhor para o momento do país, que precisa cuidar da pauta econômica, do crescimento, da renda do seu povo, votar a reforma da Previdência, o melhor para o momento é que o Dr. Deltan Dallagnol se afaste da condução da Lava Jato e o ministro Sérgio Moro se afaste do Ministério da Justiça para fazer sua defesa, prestar os esclarecimentos. Caso sejam inocentados, é absolutamente razoável, retornem a seus postos”, afirmou ao deixar a reunião.

Mais enrolado que fumo de corda

Conforme matéria publicada no Terça Livre, Fernando Santa Cruz era membro da Ação Popular Marxista-Leninista (APML), grupo que militava pela ditadura do proletariado no Brasil na década de 60. O revolucionário, que desapareceu no ano de 74, se casou com a militante Ana Lúcia Valença e dessa união nasceu Felipe Santa Cruz, atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Em 2016, o advogado, de 46 anos, pediu a cassação do mandato do então deputado federal, Jair Bolsonaro. O pedido de Santa Cruz decorreu da votação pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), em abril daquele ano. Durante a votação, Bolsonaro homenageou o coronel Carlos Brilhante Ustra, que comandava o DOI-Codi em São Paulo no período da ditadura militar. Felipe, que era presidente da OAB do Rio de Janeiro na época da votação, pediu a cassação por “apologia à tortura”.

No início do ano, em entrevista à Folha de São Paulo, Felipe, que é contra o pacote anticrime de Moro, defendeu o fim da Lava Jato:

“O Judiciário, assim como qualquer outro Poder, deve responder pelos seus erros. Os crimes, quando e se praticados, devem ser levados à Justiça. Não devemos fazer da Lava Jato um livro em fascículos interminável.”

Em fevereiro, O Antagonista informou que o presidente da OAB tem um contrato de 2,5 milhões de reais com a Petrobras e que a nova diretoria da estatal, que apoia a Lava Jato, avalia suspender o acordo com o advogado. Mês passado, o site também informou que um grupo de advogados está colhendo assinaturas entre filiados da OAB para pedir o impeachment do presidente da entidade, Felipe Santa Cruz.

* Com informações de Agência Senado

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

20 Comentários

Clique aqui para comentar

  • A hora em que o povo que paga a conta da ladroagem e da mamata for feroz às ruas, contra a (O)ganização dos (A)migos dos (B)andidos dentro dessa OAB, ela pagará também por tudo o que fez contra o Brasil, na época do Regime Militar, o brando.

    E se o Moro tiver que sair, que o Bolsonaro seja patriota e mais militar do que crente e coloque o coronel Pedro Moézia no lugar dele.

  • Está faltando o que para Impeachment desse comunista???

    “Mês passado, o site também informou que um grupo de advogados está colhendo assinaturas entre filiados da OAB para pedir o impeachment do presidente da entidade, Felipe Santa Cruz.”

    Ate a OAB está aparelhada de militantes comunistas! É lamentável a situação..

  • Esse presidente da OAB é esquerda de pai e mãe, mas se alguém indagar ele sobre isso certamente ele dirá que não, haja hipocrisia.

  • Noooooooosssssssssaaaaaaaaaaaaaa!!!!
    Será que existe cirurgia para redução de vacilo?

    Conheço gente que precisa.

    XÔ bagulhão!

  • Esse senhor descarado assumidament partidário deveria se ater ao cargo que lhe foi entregue de bandeja e assumir o munus público, e não intervir em nome de uma entidade em que pese ele não representa a maioria, fechar a boca e procurar o que dizer quando chegar o dia 28 e não conseguir provar a existência de direito da classe, sem ajuda do STF, ao contrário de fazer o que a população os cidadãos não querem em seu próprio benefício, já passou da hora, ou será que já esqueceram de, ele ter chamado toda uma classe de vagabundos (ADVOGADOS e ADVOGADAS), pelo visto, quer enganar mais uma vez!!!!

  • OAB .instituições falida é um nojo ouvir falar neste lixo,constituída dq não presta.sem ética e sem moral.

  • Têm q fechar essa porcaria q não representa merda nenhuma. Lixo lixo lixoseus canalhas vagabundos. ..vão tomar no C. ..seus podres.

  • Onde o PT não conseguiu enfiar seus militontos? Até no IntercePT. Mas com essa história de contratos com a Petrobras, a gente percebe porque da fidelidade canina.Todos querem mamar! Não existe petista grátis.

  • Mais uma facção criminosa, de viés político partidário de inversão de valores!
    Energúmenos carniceiros tentando perpetuar o legado de corrupção!

  • Este retardado comunista e energúmeno está advogando para a corja de bandidos, a qual ele também pertence. Logo, logo a casa cai e o fofinho vai emagrecer bastante, adeus papada ou será mamada, quer dizer mamata. Se checar o histórico familiar logo se entende o ditado que filho de peixe, peixinho é (neste caso vale o complemento de que se trata de peixe podre mesmo).

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...