Previdência: Alcolumbre reviu previsão inicial de finalizar votação até dia 10



O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou nesta quarta-feira (2) que a votação do segundo turno da reforma da Previdência pode ficar para a segunda quinzena de outubro. Inicialmente, a expectativa do parlamentar era que a votação da matéria fosse concluída até o dia 10.

“Se alguns senadores compreenderem que não é razoável quebrar o interstício – mesmo minha posição atual e de vários outros líderes sendo favoráveis à quebra –, para a gente resolver a votação em segundo turno desta matéria, a gente vai ter que adiar da semana que vem para a próxima semana. Porque cumprimos o prazo regimental e teremos o quórum necessário e aí acaba saindo um pouco do calendário da primeira quinzena de outubro, passando para a próxima semana”, afirmou Alcolumbre ao se referir ao prazo estipulado entre as votações em primeiro e segundo turno.

O plenário do Senado concluiu a votação em primeiro turno da proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera as regras da Previdência no início da tarde de ontem. Para que a matéria seja promulgada, a Casa ainda precisa aprovar a PEC em segundo turno.

Com informações da Agência Brasil

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

Bruna de Pieri

Jornalista e católica.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Afinal , o que está acontecendo ?
    Porque este atraso numa matéria tão importante para o Brasil ?
    Se as diversas pessoas que escrevem por aqui , xingam os congressistas usando os mais contundentes adjetivos , alguém menos avisado pode pensar que é algum tipo de militância ou algum problema cognitivo de quem está escrevendo . Mas por favor , leia o que está escrito abaixo.
    Vai haver um leilão na área de petróleo que deverá render 108 bilhões. Quando este leilão estava sendo bolado , ninguém tomou conhecimento , mas quando o valor total de 108 bilhões foi divulgado , assanhou os ratos que vivem para atacar qualquer dinheiro que vá para o governo.
    Tanto dinheiro deve ter uma fatia indo para os estados e municípios. Esta é a logica dos congressistas. É como se você trabalhasse muito , e no fim , na hora de receber o dinheiro que você mereceu por trabalhar , aparecessem um monte de espertos dizendo que tem direito ao dinheiro pelo qual você trabalhou sozinho.
    Os congressistas querem fazer uma lei , para terem direito de enfiar a mão nestes 108 bilhões ,e avisaram que não votam mais nada , até que este assunto seja resolvido de forma favorável a eles . Se negam até a aprovar a reforma da Previdência , assunto importante e urgente para o Brasil tirar o pé da lama .
    Mas suas “excelências ” não estão nem ai para o Brasil , e acham que é certo fazer este tipo de sequestro aonde só faço a minha obrigação ( votar leis pelo Brasil ) , se eu puder enfiar a mão no dinheiro e mandar para o meu município para fazer obras superfaturadas . Simples assim.

Colunistas

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...