BrasilNotícias

Procurador-geral que poderia enfrentar Renan Calheiros em Alagoas desiste de candidatura

O emedebista tem eliminado todos os concorrentes ainda nos bastidores

O senador Renan Calheiros (MDB) tem conseguido dominar o xadrez político do Estado de Alagoas. Por lá, Calheiros vem eliminando todos os possíveis adversários no “tapetão”. Ele contou com a ajuda indireta do prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), já que este desistiu de ser candidato ao governo e enfrentar Renan Filho (MDB).

Com a desistência de Rui Palmeira, a oposição no estado se desmobilizou. Até o ex-ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa (PR), que era opositor, mudou de lado. Quintella fará dobradinha com Renan Calheiros na luta pelas duas vagas no Senado Federal.

Com isso Renan Calheiros emparedou um rival “fogo amigo”: o deputado federal Marx Beltrão (MDB) – que ocupou o ministério do Turismo. Só resta a Beltrão agora concorrer ao cargo de deputado federal na tentativa de renovar o mandato.

A mais recente baixa da oposição foi a desistência de Alfredo Gaspar de Mendonça, procurador-geral de Justiça. Mendonça estava bem cotado nas pesquisas de intenção de voto, mas sem uma oposição sólida para abrigar sua candidatura ao Senado, acabou desistindo na manhã de hoje. Alfredo Gaspar tinha o apoio do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) em Alagoas.

Ele chegou a dialogar com o PSL e, mais recentemente, com o PSDB. Mas diante das circunstâncias e com o domínio calheirista em praticamente todos os grupos políticos teve que acabar desistindo. O caminho do retorno de Renan Calheiros – investigado na Operação Lava Jato e alvo de diversos inquéritos – ao Senado Federal vem sendo pavimentado com facilidade em Alagoas.

A única candidatura de oposição que se encontra mantida é a do senador Benedito de Lira (PP/AL), que é igualmente investigado na Lava Jato. Aliás, os três senadores de Alagoas foram alvo de denúncias da Lava Jato. Fernando Collor de Mello (PTC/AL), que é pré-candidato à presidência, também se encontra nesse rol.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close