BrasilNotícias

Procuradora faz balanço de quatro anos de Lava Jato: espera-se a devolução de R$ 2,7 bilhões de recursos roubados

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou  – na manhã de hoje, dia 16 – um balanço da Operação Lava Jato, que chegou ao quarto ano. Dodge destacou os 134 acordos de delação premiada que se encontram esperando homologação no Superior Tribunal Federal (STF).

De acordo com ela, o foco é para que todos cumpram as cláusulas estabelecidas. Dodge destacou que a tarefa não é simples, mas importante para desvendar os crimes por meio das colaborações premiadas. Por isso, a exigência das provas por parte dos delatores.

Desde que a Lava Jato iniciou são 101 pessoas com foro privilegiado respondendo a ações penais. Os números impressionante. Os acordos preveem a devolução de R$ 2,7 bilhões, sendo R$ 1,3 bilhão no exterior e R$ 1,4 bilhão no Brasil. Até o momento, deste montante fora do país só foram recuperados – conforme a procuradora – R$ 150 milhões.

A Lava Jato em números (apenas no STF) já mostra a gravidade dos efeitos da corrupção institucionalizada no país nos últimos anos. São 36 denúncias naquela Corte, que envolvem 101 pessoas com foro privilegiado, 12 governadores são investigados. Três governadores foram denunciados ao STJ, com uma ação já aceita.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close