Projeto poderá facilitar a compra de celulares para estudantes de instituições públicas de ensino

Ricardo Teobaldo
 


Proposta isenta do imposto sobre produtos industrializados, computadores, smartphones, tablets, notebooks, quando adquiridos por professores em exercício e estudantes matriculados em instituições públicas de ensino.

Trata-se do projeto apresentado pelo deputado Ricardo Teobaldo (PODE-PE), que tramita na Câmara dos Deputados. Conforme o texto, o uso de equipamentos eletrônicos na educação tem se mostrado cada vez mais essencial.

Caberá à Receita Federal verificar se a pessoa interessada preenche os requisitos para ter acesso ao benefício fiscal.

O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Educação; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

* Com informações de Agência Câmara

Sobre o Colunista

Redação TL

Redação TL

6 Comentários

Clique aqui para comentar

  • PERFEITO, Marco.

    Esses vagabundos que se locupletam na política sem jamais produzirem bem ou serviço útil algum já não possuem nenhuma noção do que seja a realidade de um pagador de impostos.

    Ademais existe uma clausula na constituição (deveria chamar-se prostituição, por prometer prazeres infinitos) que diz que TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI.

    Porém, aquilo que mais se ode perceber em todos os países e especialmente nos países bananeiros é que AS LEIS e a própria CONTITUIÇÃO SÂO VIOLADAS iNSISTENTEMENTE PELOS OCUPANTES do PODER.

    Não existe lei ou constituição quando interesses politiqueiros e do Estado estão em jogo.

    Os membros do judiciário são os maiores violadores das leis e do bom senso. Os membros do stf são os maiores violadores da constituição, vide Zavascki, Levandowisk, Fachin, Toffoli e até o carequinha Alexandre, bem como o pavão Marco Aurélio.

    Tudo uma palhaçada para a população ser imbecilizada com discursos sobre o TABU Democracia.
    Qualquer absurdo ou abominação é defendido em nome da democracia. Então os imbecis querendo ostentarem-se “maravilhosos” ACEITAM TUDO, as maiores imbecilidades e atrocidades em nome da Democracia. Temem ser chamados de não democráticos, como se ser democrático fosse um valor moral supremo. Então se alegam que a maioria elegeu canalhas, então tudo que esses canalhas fizerem é a coisa certa, segundo o critério democrático:

    – Se maioria morena decidir democraticamente escravizar a minoria loira de olhos azuis, então a escravidão é justa, pois que democrática.

    Se os loiros reclamarem por serem escravizados, a A DEMOCRACIA TEM A SOLUÇÃO:

    – Disputem cargos políticos para aprovarem leis contra a aprópria escravidão. …PQP!!!

    Se os loiros argumentarem que são minoria e não conseguirão aprovar leis contra a sua escravidão, então a democracia lhes apontará o dedo acusador:

    – VOCÊS SÃO UNS DITADORES!!!

    …e os pavões democratas OSTENTARÃO CARETAS de INDIGNAÇÃO e GRITOS de HORROR ante esses LOIROS DITADORES que não aceitam a própria escravidão democratica e alegam, antidemocraticamente, que a escravidão é injusta mesmo quando aprovada democraticamente pela MAIORIA MORENA.

    Pronto, com argumentos como estes, caretas e gritos horrorizados, a platéia fica contaminada de indignação e repudia esses ditadores.

    NÃO TEM SOLUÇÃO!!! …Imbecis jamais efletem sobre coisa alguma, apenas vão atras do que mais ouvem o do que mais se ostenta.
    A Democracia É TABU.

    As leis são feitas para serem violadas em benefício dos amigos ou para perseguir inimigos. Somente valem como estão postas para casos envolvendo indiferentes.

  • Então os pais que se matam pra pagar uma escola “melhor” para os filhos são penalizados comparados aos pais que ao invés de se preocuparem com os filhos torram o salário no boteco e na padaria.
    parabéns br

  • Que tal mudar para:
    Projeto poderá facilitar a compra de celulares para estudantes de instituições públicas de ensino USANDO O SALÁRIO DOS POLÍTICOS QUE VOTAREM À FAVOR nessa porra?

  • Isso é a maior furada!

    De que adianta ter o aparelho de celular uma pessoa que não tem condições de compra-lo? Vai usar aonde? Vai pagar as contas como?

    Será que esse pessoal não cansa de cometer os mesmos erros?

    Estudante não precisa de celular! Criança precisa de praticar esportes e conhecer sobre arte de qualidade, boa alimentação e brincar.

    E pra piorar algo assim criará uma infinidade de outros problemas advindos da situação de pobreza.

    Cade as pesquisas que afirmam que o uso excessivo de aparelhos eletro-eletronicos causam males a saude de crianças?

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...