BrasilEleições 2018

PT pede punição para pastores que apoiam Bolsonaro nas igrejas

Em contrapartida, Fernando Haddad busca apoio da CNBB

A cúpula do PT quer que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) puna pastores que estão declarando apoio ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) dentro de suas igrejas, de acordo com a Coluna do Estadão. Não há consenso se a via jurídica é a mais adequada.

O ex-ministro do TSE Marcelo Ribeiro diz que o tema ainda é novo no direito eleitoral, mas que o TSE começa a punir o que considera “abuso do poder religioso”.

A medida ditatorial do partido, no entanto, não abrange seu próprio candidato, Fernando Haddad, que está buscando aproximação com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O petista deve visitar a instituição na tarde desta quinta-feira (11) em busca de apoio para o segundo turno.

Fonte: Estadão

Tags
Ver mais

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

Artigos relacionados

7 Comentários

  1. O TSE deveria mandar o PT ir catar coquinho no asfalto. Querem a punição dos pastores que o apoiam, mas amanhã o Haddad vai pedir o apoia da CNBB. É muita cara da pau!

  2. Espero, como católico, que a CNBB não leve isso adiante e apenas o receba como mera formalidade, e nada mais! Agora, teólogos da libertação…estamos atentos a vocês!

  3. Ao contrário das escolas em que os alunos são OBRIGADOS a estarem ali e são doutrinados por professores esquerdistas, nas igrejas as pessoas estão ali por vontade própria e podem se retirar no momento em que quiserem, portanto, não tem o menor cabimento querer impedir que pastores expressem suas opiniões sobre qualquer assunto, afinal sua platéia não é cativa. O simples fato do PT impetrar esse tipo de ação deixa bem claro quem são os ditadores.

  4. Enquanto isso o TSE nada faz contra as estampas nos santinhos que um criminoso de dentro da prisão mandou fazer.
    .
    Enquanto isso a CNBB comunista apoia a esquerda do criminoso lula.
    O TSE tem dois pesos e duas medidas.
    É reagir contra essa censura PeTralha.

  5. Quem não se lembra que em 2010 e em 2014 a DilmAnta implorou o apoio de pastores, padres e presbíteros de várias igrejas?!
    Gente, o PT JÁ ERA PARA TER SIDO FECHADO HÁ MUITO TEMPO.
    Enquanto nós tivermos tolerância para com os bandidos, eles nos trarão como idiotas. Tolerância zero para com os petralhas.
    O TSE é um puxadinho do PT, nada mais que isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close