PT tinha conta de propina intermediada por Vacarri no Grupo Schahin  - Terça Livre TV
Notícias

PT tinha conta de propina intermediada por Vacarri no Grupo Schahin 

No segundo depoimento de delação premiada de Milton Schahin, mais uma informação que expõe o esquema petista e complica a vida de Lula no processo do Sítio de Atibaia: João Vaccari Neto, o ex-tesoureiro da legenda, intermediava uma conta corrente de propina mantida pelo Grupo Schahin.

De acordo com o delator, os pagamentos iniciaram em 2006, com o repasse de R$ 500 mil para a campanha de reeleição do ex-presidente condenado Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula (PT), por meio de caixa 2. Na sequência, os negócios do grupo com a Petrobras cresceram.

Diante disso, se criou uma conta para atender Vaccari a cada três meses. As informações foram anexadas ao processo que Lula responde na Lava-Jato por conta de obras executadas no Sítio de Atibaia pelas construtoras Odebrecht, OAS e Schahin.

Segundo o empresário delator, o Grupo pagou milhões em propina, que sempre correspondiam a 0,5% a 1% de contratos mantidos com a Petrobras. Todos os contratos eram no valor de R$ 830 milhões.

Lula está próximo de ser condenado à prisão mais uma vez!

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close