BrasilNotícias

Quatro governadores citados na Lava Jato estão sem foro privilegiado

Os governadores Beto Richa (PSDB-PR), Geraldo Alckmin (PSDB-SP), Raimundo Colombo (PSD-SC) e Marconi Perillo (PSDB-GO) renunciaram no último final de semana para poder disputar as eleições de 2018. Com isso, perderam o foro privilegiado e poderiam ter seus processos enviados à primeira instância. Os casos estavam a cargo do STJ, corte que lida com processos contra governadores. Com a perda do foro privilegiado, os processos podem ser enviados a juízos de primeira instância, o que inclui a 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, onde atua o juiz Sérgio Moro, responsável por grande parte das condenações na Lava Jato. Vale lembrar que o STJ e o STF não condenaram nenhum réu da Lava Jato com foro privilegiado.

Fonte: https://goo.gl/imwyYe

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Seria ótimo ter o Alckmin sendo julgado pelo Sérgio Moro, iria acabar com a palhaçada do PT de ficar falando que ele é juiz do PSDB e etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close