R7 quer patrulhar o que você pode ou não dizer



O portal R7, da Record TV, publicou na manhã desta quinta-feira (9), uma matéria com a manchete “é hora de abandonar de vez as palavras politicamente incorretas”.  O jornalista do portal Eduardo Marini, montou uma lista de palavras que, segundo ele, devem ser abandonadas pelo leitor.

“Confira, abaixo, uma lista de palavras e termos que caíram em desuso ou passaram a ser condenadas com o fortalecimento do politicamente correto no Brasil e no mundo. E, na dúvida entre adotar ou não a correção política ao se expressar, livre-se da cilada com a seguinte regra: a simples desconfiança de que uma palavra, termo ou expressão poderá incomodar ou magoar alguém já é motivo suficiente para trocá-los por outra coisa”, diz a matéria.

Na lista de palavras consideradas condenáveis pelo jornalista, estão: judiar, preto, denegrir, mendigo, favela, homossexualismo, aleijado, mulato, perneta, coitado, opção sexual, aidético, portador de HIV ou deficiência, prostituta, mãe solteira, drogado, grupo de risco e baianada.

A patrulha politicamente correta tenta impor o controle social através do terrorismo psicológico. Todos aqueles que se recusam a acatar suas regras são rotulados negativamente. Isso faz com que muitos se calem e se submetam a essas imposições globalistas.

Não entrar nessa espiral do silêncio é fundamental para que não sejamos tragados pela mesma distorção cognitiva que aflige a esquerda.

Clique aqui para ver a matéria do R7 completa.

Sobre o Colunista

Fernanda Salles

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

28 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Gastos com publicidade crescem 63% no governo Bolsonaro; Record e SBT passam Globo
    O levantamento foi realizado pela UOL e é baseado em dados da Secretaria Especial de Comunicação (Secom), vinculada ao Palácio do Planalto
    18:00 | 15/04/2019

    O PovoOnline

  • O exposição dos gastos do governo é importante, porém devemos colocá-lo de forma verdadeira e não simplesmente para falar mau. Isso não é uma prestação de serviço e sim uma fofoca. Fale dos gastos em comunicação, porém informe sobre o período que está sendo usado como referência e até compare com os governos passados (13 anos) e informe no crescimento dos gastos com outras empresas de comunicação que antigamente a globo levava quase 50% da verba, porque fora disso não passa de mentira e fofoca.

  • Esses hipócritas do “politicamente correto” não têm o que fazer. Se “denegrir” é preconceito contra negros, embranquecido é preconceito contra brancos? “A minha vista está muito embranquecida pela catarata”. É o fim da palavra embranquecer??

    Prostituta é o quê? Passemos a chamá-la de “acompanhante de homens”. Porém, ninguém gosta de ter “acompanhante” na sua família.
    Imagine uma conversa:
    –Boa tarde, amiga.
    –Boa tarde.
    –Como vai sua filha? Já arranjou emprego?
    — Sim, agora ela é acompanhante. Estou muito orgulhosa, ela está ganhando bem.

    Hilário.

  • “O levantamento também mostra que nos três primeiros meses do ano, a Record passou a Globo e foi o grupo de comunicação que mais recebeu pagamentos de verbas publicitárias.”

    UOL Notícias

    15/04/19

  • O R7, habitante dessa favela mental que é o politicamente correto, tenta denegrir a imagem de quem não se curva à novilíngua, mendigando alguns “likes”, prostituindo-se para serem aceitos pelo grupo de risco dos apoiadores dos globalistas. São uns coitados, tentando judiar da nossa inteligência. Parem de baianada! A coisa tá tão preta assim pra vocês?

  • ” Há, sim, “adjetivação das pessoas”.
    Existem cidadãos de segunda classe. Não sabe o que é ser fraternos.
    Sempre com adjetivos, excluem as pessoas”…

  • Realmente essa emissora deveria se preocupar em buscar a verdade ao invés de seguir a agenda globalista do politicamente correto, que quer censurar o que pode ou não pode ser
    dito, transformando o cidadão em um alienado, preso a jogos mentais. Essas palavras que o R7, quer que não falemos mais, denotam o que realmente elas exprimem. O R7 ao invés de denegrir nossa língua, deveria mostrar um jornalismo comprometido com a verdade dos fatos. Vão para a pqp.

  • Há desabafos de corações feridos…
    Algumas expressões faciais e corporais evitam palavras ofensivas.

  • Prometo que não vou dizer as palavras: judiar, preto, denegrir, mendigo, favela, homossexualismo, aleijado, mulato, perneta, coitado, opção sexual, aidético, portador de HIV ou deficiência, prostituta, mãe solteira, drogado, grupo de risco e baianada.
    Sério, as palavras “judiar, preto, denegrir, mendigo, favela, homossexualismo, aleijado, mulato, perneta, coitado, opção sexual, aidético, portador de HIV ou deficiência, prostituta, mãe solteira, drogado, grupo de risco e baianada”, não serão mais ditas por mim. Se um dia vocês me ouvirem dizendo “judiar, preto, denegrir, mendigo, favela, homossexualismo, aleijado, mulato, perneta, coitado, opção sexual, aidético, portador de HIV ou deficiência, prostituta, mãe solteira, drogado, grupo de risco e baianada”, podem me cobrar. Daqui para frente, “judiar, preto, denegrir, mendigo, favela, homossexualismo, aleijado, mulato, perneta, coitado, opção sexual, aidético, portador de HIV ou deficiência, prostituta, mãe solteira, drogado, grupo de risco e baianada” sairá do meu vocabulário. Aconselho todos a pararem de dizer palavras do tipo “judiar, preto, denegrir, mendigo, favela, homossexualismo, aleijado, mulato, perneta, coitado, opção sexual, aidético, portador de HIV ou deficiência, prostituta, mãe solteira, drogado, grupo de risco e baianada”.
    Por hora é isso. Valeu negada, até mais!

  • Prometo que TAMBÉM não vou dizer MAIS as palavras: MILICIANO, QUEIROZ, ESQUEMA NO GABINETE, ASTRÓLOGO, RACHADINHA , GOLDEN SHOWER, ENTREGUISTA, PUXA SACO DE TRUMP, TEÓRICO DA CONSPIRAÇÃO, HELOÍSA ENTREGOU O PAI, FETOS EM ADOÇANTES, TERRAPLANA, EINSTEN É BURRO, MITO, CONJE, KAFTA, CANIBAL DE ASSENTO DE AVIÃO, ME CHAMA DE CORRUPTO, dentre outras palavras. Também peço que vcs não falem mais:MILICIANO, QUEIROZ, ESQUEMA NO GABINETE, ASTRÓLOGO, RACHADINHA , GOLDEN SHOWER, ENTREGUISTA, PUXA SACO DE TRUMP, TEÓRICO DA CONSPIRAÇÃO, HELOÍSA ENTREGOU O PAI, FETOS EM ADOÇANTES, TERRAPLANA, EINSTEN É BURRO, MITO, CONJE, KAFTA, CANIBAL DE ASSENTO DE AVIÃO, ME CHAMA DE CORRUPTO, dentre outras palavras

  • Apedeutas gostam de expressar palavras chulas.
    Alienados também . Escolaridade de bufões, parecem doutrinados por encantadores d e burros.

  • Os desgraçados do R7 não liberam nem a sessão de comentários, por saberem que seriam desmoralizados. São inimigos da liberdade.

  • A Esquerda está em toda parte, muito cuidado..

    Estão desperados para retomar o poder pois são intolerantes a democracia e incapazes de respeitar leis e regras.

  • Também penso assim: se queres ofender um adversário, elogia-lo em voz alta pelas qualidades que ele não possui.

  • Aos bostas dos MAVs petralhas que são pagos com mortadela: ninguém mais acredita em vcs, Bolsonaro é presidente, Lula tá preso, babacas!

  • George Orwel tinha razão, era um visionário incrível. Basta ler o livro 1984 e veremos com facilidade que estamos diante da “novilíngua” ou “novafala” criada pelo “Ingsoc” para limitar a liberdade de expressão e pensamento. Hoje, o “Ingsoc” é o globalismo (talvez até a ONU) “novilíngua” é a linguagem progressista ou politicamente correta que servirá de substrato para condenar judicialmente, excluir socialmente e até mesmo criar no indivíduo uma autocensura. É preciso não se vergar a esse lixo ideológico!

Colunistas

Guilherme Galvão VillaniGuilherme Galvão Villani

Mariliense. Gosto pela Administração, Contabilidade e Finanças. Atu...

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...