Raquel Dodge reitera denúncia contra Aécio Neves



A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reiterou junto ao STF denúncia contra o senador Aécio Neves por corrupção e obstrução de justiça. A denúncia é baseada na Operação Patmos, que provocou o afastamento de Neves do mandato parlamentar. A PGR também reiterou as denúncias contra Andréa Neves, Frederico Pacheco e Mendherson de Souza Lima, por corrupção passiva. No documento enviado ao STF, Raquel Dodge afirma que Aécio Neves “empregou todos os seus esforços” para atrapalhar a Operação Lava Jato. O STF ainda deve decidir se aceita ou não a denúncia. Caso aceite, Aécio Neves passa a ser réu e responderá a um processo. Caso não aceite, ficará provado que Lula foi apenas um “boi de piranha” para satisfazer a opinião pública.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...