EconomiaNotícias

Reforma da Previdência: busca pela aprovação pode resultar em custos para país

Os acordos entre o governo federal e os deputados federais, diante da alteração feita na Reforma da Previdência pelo deputado federal Arthur Oliveira Maia (PPS/BA), relator do projeto, pode alcançar votos em favor da matéria na Câmara de Deputados, mas resultará em custos.

A mudança não agradou alguns nomes do governo. De acordo com a Secretaria de Previdência Social do Ministério da Fazenda, a proposição do relator pode resultar em um custo de R$ 400 milhões em dez anos. Maia prevê pensão integral para viúvas e viúvos de policiais mortos em serviço.

É que a alteração muda a perspectiva de economia de despesas previstas pela reforma. No entanto, a medida entra para tentar angariar votos.

Quanto à votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (Democratas), quer votar até 20 de fevereiro. Na busca por votos, o governo do presidente Michel Temer (MDB) pensa em 28 de fevereiro. Se as condições não forem favoráveis, o Executivo não descarta retirar o projeto de pauta.

Os próximos dias será de uma intensa agenda de convencimentos.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close