ArtigosFernanda SallesMundo

Regime defendido por Manuela D’ávila mata e persegue gays

Vice comunista de Haddad esconde verdade histórica de seus eleitores

Nos discursos escorregadios de Manuela D’ávila o comunismo pode se tornar atrativo, mas a realidade do regime chocaria qualquer eleitor desavisado de Fernando Haddad (PT). A candidata à vice-presidência da República pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB) costuma esquivar-se quando questionada, em entrevistas, sobre as práticas criminosas de regimes comunistas na história.

É comum ouvirmos D’ávila justificar: “queremos um socialismo com a cara do Brasil”. Em paralelo, o partido ao qual pertence, e defende com unhas e dentes, declara apoio à genocidas como Kim Jong Un, ditador da Coréia do Norte.

Muitos homossexuais brasileiros se encantaram pelo glíter que o PCdoB jogou sobre as intermináveis pilhas de corpos das vítimas dos genocídios comunistas. Mas, afinal, o que o comunismo reserva para homossexuais?

Prisioneiros do regime soviético em um gulag.

Por onde o socialismo passava, o discurso de que a homossexualidade era uma prática burguesa se repetia. Lenin foi taxativo para a jornalista alemã Clara Zetkin:

“Parece-me que esta superabundância de teorias sobre sexo brota do desejo de justificar a própria vida sexual anormal ou excessiva do indivíduo ante a moralidade burguesa e reivindicar tolerância para consigo. Não importa quão rebeldes e revolucionárias aparentam ser; essas teorias, em última análise, são completamente burguesas. Não há lugar para elas no partido, na consciência de classe e na luta proletária.”

Um artigo publicado pelo O Globo, em 2009, traz a realidade de um homossexual chinês. Ba Li fugiu do seu país comunista e contou como os gays são tratados pelo regime.

“Os homossexuais sofreram perseguição pública, segregação social, castigos físicos e prisão durante e depois da Revolução Cultural, como parte da limpeza lançada em nível nacional por Mao Tsé-Tung contra todos os elementos contra-revolucionários”. Leia o relato completo.

O jornalista Rodrigo da Silva desnudou a perseguição aos gays em Cuba.

Lula e o ditador cubano Fidel Castro.

Em Cuba não foi diferente. Em 1965, seis anos após tomar o poder na ilha, Fidel declarou ao jornalista norte-americano Lee Lockwood:

“Nunca acreditei que um homossexual pudesse encarnar as condições e requisitos de conduta que nos permite considerá-lo um verdadeiro revolucionário, um verdadeiro comunista. Um desvio de sua natureza se choca com o conceito que temos do que um comunista militante deve ser.”

No mesmo ano, ao lado de Che Guevara, ele criaria as “Unidades Militares de Ayuda a la Producción” – que no outro lado do mundo atendia pelo carinhoso nome de Gulag – acampamentos de trabalho agrícola com cercas de 4 metros de arame farpado, onde homossexuais e outros indivíduos contra-revolucionários realizariam trabalho forçado nos canaviais, dedicando suadas 16 horas de labuta para sustentar a bigodagem revolucionária, em condições tão degradantes quanto as encontradas nas concentrações nazistas – onde os gays também sofriam nas mãos do coletivismo, marcados por um triângulo rosa.

Penteados extravagantes, calças apertadas, camisas coloridas e “maneirismos efeminados” eram vistos como uma afronta ao estado cubano, ainda que as práticas privadas não fossem vistas como um tormento à revolução – a condenação residia na exibição pública da homossexualidade, no cubano que ousava se comportar nas ruas como um indivíduo livre, no gay que desafiava a formação do “novo homem” que o regime promovia.

MANUELA D’ÁVILA FALA SOBRE COMUNISMO NO BRASIL

As contradições da moça não são novidade. A comunista sempre se arma ao ser confrontada sobre as defesas que o PCdoB faz e as ideias autoritárias enraizadas na ideologia que mais matou na história.

Os homossexuais que apoiam Manuela D’ávila e Fernando Haddad ainda não sabem, mas estão emprestando as costas como trampolim para políticos atrasados, desonestos, mal-intencionados e amantes do “poder pelo poder”. Serão, assim que não servirem mais aos interesses revolucionários, descartados como folhas de papel rabiscadas.

Tags
Ver mais

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

Artigos relacionados

17 Comentários

  1. ” O comunismo é uma doença incurável e contagiosa.
    O problema do comunismo é querer reformar o batedor de carteiras proibindo os outros de usarem bolsos.”
    XÔ! FORA DAQUI.
    MOURÃO NELES. APOIO JAIR 17.

  2. O esquerdismo vive e cresce pela ignorância das pessoas, por isso é muito importante para um esquerdista manter as pessoas desinformadas, isso explica em parte o desempenho brasileiro bizarro em levantamentos internacionais sobre educação.

  3. Não creio que os homossexuais, ou quaisquer outros simpatizantes com as causas dos candidatos Haddad e D’Ávilla, estejam de olhos fechados para as suas escolhas. O primordial é lutar contra apelativos que possam ferir diretamente a ordem democrática de seu povo. Se os ideais comunistas foram usados de forma subvertida, em prol dos interesses de um governante, imagina qual seria o resultado de ideais que evocam o fascismo aplicados como forma de governo vigente. Mas, no fim, o que importa é o seguinte: lute pela sua causa, seja ela qual for.

  4. …a mentira é o combustível do comunista… eles falam em nome do povo mas na verdade querem somente poder… a ELITE comunista.

  5. MANO NA BOA!! TA PRA NASCER PESSOA MAIS CONTRADITÓRIA DELA MESMA NA FACE DA TERRA, PREGA O SOCIALISMO E VIVE DO CAPITALISMO COMO A MAIORIA DOS HIPÓCRITAS QUE APOIAM ESSE REGIME IMBECIL E DIABÓLICO!! NEM ELA SABE DA REAL HISTORIA DOS GENOCIDAS QUE ELA DEFENDE E PREGA COMO DEUSES. ESSA MULHER É SIMPLESMENTE RIDICULAAAAAAAA!!! E GRACAS A DEUS VAI SER MAIS UM LIXO FORA DO CONGRESSO ANO QUE VEM!!JB17 NELESSSSSS!!

  6. Vou ser muito sincera, as pessoas que vão votar no PT não conhecem o plano de governo dele. São muito ignorantes, optam em assuntos nos quais são leigas, como ditadura, nazismo, fascismo, etc… Agora eu já sei porque não investem direito na educação, pra ficar criando um monte de ignorantes pra votar neles! Misericórdia!

  7. ….. promovendo a ignorância e incentivando o comportamento promíscuo da população, baseado nos ensinamentos na tenra idade, nas escolas públicas, fazendo as crianças se tornarem preguiçosos e desinteressados nos estudos, afinal não precisam estudar para passar de ano, construindo idéias falsas de um futuro melhor, mas sem dar condições de se tornar independentes, e sim eternos dependentes do Estado, transformando a classe artística, em seus promotores sociais, a custa de verbas fáceis, e a garantia de permanecerem como elite no contexto social, todas essas e uma infinidade de outras ações, fazem do comunismo, a principal ameaça a nossa Pátria nos dias atuais. Independente de partidos, só temos uma bandeira a levantar, e essa , é a bandeira do Brasil!!!

  8. Que texto bobo. Até fez uma boa pesquisa, mas mistura alhos e bugalhos. Engraçado ver eleitores do fascista reclamando da falta de plano de governo do PT, já viram AM algum lugar o do Bolzo? Valeu a tentativa!!

  9. Infelizmente, um dos maiores problemas do nosso País, é a imprensa. Ela é manipuladora de massa. Há jornalistas que não entendem nada de história, ou as vezes não entende nada de nada e cospe informação sobre algum assunto que mal entende e torna aquilo verdadeiro. Parece que o único livro que lê é um chamado Facebook. O outro problema são as pessoas que fazem pior que o jornalismo, não sabe o que significa cada ideologia. Não sabe o que defende a esquerda, a direita, o que significa fascismo ou nazismo. É uma grande maioria pobre de informação correta. Cria-se algo na cabeça e tem aquilo como real. É triste isso. Vamos ler mais pessoal, estudar um pouco de história.

  10. Meu Deus que artigo tosco é esse? Moça faça o favor a si mesma e pare de escrever histórias mentirosas, que feio!

  11. Todos os “exemplos” dados pela repórter [que eu duvido que tenha estudado teoria política] são os mesmos espantalhos usados pela direita, grupos conservadores, grupos reacionários, grupos fascistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Close