BrasilNotícias

Renan Calheiros aproveita medida de intervenção para atacar Temer

Em suas redes sociais, o senador Renan Calheiros (MDB), aproveitou o Decreto de intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro para tecer críticas ao presidente Michel Temer (MDB) e a Reforma da Previdência.

Calheiros afirmou que “a intervenção é inevitável”. Defensor do desarmamento civil, do PT, do ex-presidente condenado Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o emedebista fez questão de jogar uma culpa história pela falência da segurança pública, que inclui a ineficácia do Estatuto do Desarmamento, em uma “omissão na segurança e no apoio aos estados” pelo atual governo.

Na visão de Renan Calheiros, se a situação continuar assim, todo mês teremos novas ocupações com danos à democracia. Ao fim, comemorou o fato da intervenção atrapalhar a agenda para apreciação da Reforma da Previdência: “pelo menos, a maldade com as aposentadorias fica constitucionalmente suspensa”.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close