Representante do Brasil em Teerã é convocada pelas autoridades iranianas



A chancelaria do Irã chamou um representante brasileiro em Teerã, no domingo, para conversar sobre o posicionamento do governo brasileiro frente à execução do general Qassem Soleimani pelos Estados Unidos.

Quem representou o Brasil durante o encontro foi a encarregada de negócios Maria Cristina Lopes, substituindo o embaixador Rodrigo Santos, que está de férias.

O Ministério das Relações Exteriores confirmou a reunião, afirmou que foi um encontro “diplomático”, mas informou que não revelaria o teor da conversa.

O chamado ocorre após o Itamaraty emitir nota em apoio aos Estados Unidos na luta contra o terrorismo. Outros países que também apoiaram os EUA foram convocados.

Em nota divulgada após a morte do general Qassem Soleimani, o Ministério de Relações Exteriores afirma que o Brasil está pronto “a participar de esforços internacionais que contribuam para evitar uma escalada de conflitos neste momento” e acrescentou que “O terrorismo não pode ser considerado um problema restrito ao Oriente Médio e aos países desenvolvidos, e o Brasil não pode permanecer indiferente a essa ameaça, que afeta inclusive a América do Sul”.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...