Reunião da CPI das Fake News é cancelada devido ao coronavírus



A comissão parlamentar mista de inquérito das Fake News, cancelou a reunião deliberativa desta terça-feira (17).

O colegiado ainda não definiu uma nova data para a votação dos 62 itens da pauta — entre eles, requerimentos que pedem a quebra de sigilos fiscais e bancários de empresas e pessoas físicas investigadas pela CPI.

Nessa lista de quebra de sigilos estão a Yacows (operadora de disparos em massa de mensagens de celular) e seus sócios-proprietários: Lindolfo Alves Neto e Flávia Alves.

O presidente da CPI, senador Angelo Coronel (PSD-BA), havia anunciado também que apresentaria na reunião — agora cancelada — os resultados da perícia da Polícia Legislativa do Senado sobre o suposto uso de computadores da Casa para ataques virtuais. Ele informou que só tornaria o conteúdo público em reunião com os parlamentares.

O cancelamento da reunião atende aos atos assinados pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, para a prevenção contra a propagação da covid-19.

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...