fbpx

Rússia envia aviões de guerra para a Venezuela

 


Uma movimentação atípica entre Rússia e Venezuela preocupou o mundo no inicio desta semana. O líder russo Vladimir Putin, enviou aviões de guerra para a ditadura latino-americana.

Nicolás Maduro recebeu dois bombardeios Tu-160 – que tem capacidade de transportar armas nucleares – um avião de transporte An-124 e um avião de passageiros Il-62 para participar de manobras militares na Venezuela. Algumas dessas aeronaves foram usadas em operações na Síria.

Bombardeiro Tu 160.

O ministro da Defesa do país sul-americano, Vladimir Padrino, alegou que as manobras vão ajudar a proteger o país de um eventual ataque.

“Estamos nos preparando para defender a Venezuela até o último palmo de terra quando for necessário, e faremos isso com nossos amigos, porque temos amigos no mundo”, disse Padrino em pronunciamento transmitido pela rede de televisão VTV, ao receber uma delegação militar russa.

Padrino ainda afirmou que “ninguém no mundo” deve temer pela presença das aeronaves em Caracas, alegando que a Venezuela e a Rússia são “construtores da paz, e não da guerra”.

Não foi informado, entretanto, quando as manobras conjuntas começarão.

Informações: Terra

Sobre o Colunista

Fernanda Salles

Fernanda Salles

Jornalista/Repórter

7 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Este era o destino do Brasil.
    Agora será realmente o fim da Venezuela. Esta totalmente nas mãos da Rússia.
    Os motivos todos também sabem, já ajudaram alguém que não pode oferecer algum recurso, neste caso petróleo?
    Alguém ainda tem dúvida que a Base Militar de Alcântara deva ser reativada?

  • Sabe quando os ratos ficam carregando lixo pra dentro de um boeiro bem na frente da sua casa, ele entope, você aciona o pessoal da prefeitura pra vir desentupir mas eles ficam fazendo corpo mole? Pois é…

  • Isso ai é o bloco eurasiano mostrando de qual lado sempre esteve. Isso tudo significa a proteção para as políticas socialista fluirem normalmente sem ninguém atrapalhando com missões de paz e ajudas humanitárias. Porque a fonte de renda do Brasil ja secou. Agora quem vai sustentar vai ser o bloco eurasiano. O risco de conflitos vai depender das afrontas de Maduro ao Brasil e de qual será a política de fronteiras do governo Bolsonaro.

  • A RUSSIA pensa que o Brasil, vai se a covardar igual o governo de Lula. Que todas as nações pisavam no povo brasileiro.. agora tem um patriota no governo do país. E é claro que o estudo unidos vão apoiar o Brasil!..

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...