fbpx

Senadores pedem que Augusto Aras seja investigado

Augusto Aras
 


Integrantes do bloco Muda Senado protocolaram na quarta-feira (5) uma reclamação no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) contra o procurador-geral da República, Augusto Aras. O motivo, segundo eles: os ataques do PGR à Operação Lava Jato.

O documento apresenta supostas tentativas do Ministério Público de minar as atividades da força-tarefa de Curitiba, entre elas, a ida da subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo ao Paraná.

Aras já tinha afirmado que é necessário “corrigir os rumos do ‘lavajatismo’ no Brasil”.

Os parlamentares solicitaram a Rinaldo Reis Lima, membro do CNMP, que proponha a instauração de processo administrativo disciplinar contra Aras. Contudo, caso o documento não resulte em processo disciplinar, que se “instaure sindicância para apuração dos fatos”.

Entre outros argumentos, o Muda Senado garante que Lindôra Araújo cometeu várias irregularidades durante a visita que fez à força-tarefa de Curitiba.

“Ela pediu uma reunião com Deltan Dallagnol sem informar a pauta, quem a acompanharia e sem formalização por ofício”, conclui o texto.

Atualmente, o presidente Bolsonaro tem na pessoa do Aras o homem que está resistindo contra o levante do “lavajatismo”. Se Aras perde essa batalha, o Sergio Moro toma conta da narrativa e pode passar a dominar o discurso de “anticorrupção”, dominando a máquina inteira.

Fonte: Revista Oeste

Assista aos comentários da notícia:

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...