fbpx

STF inviabiliza projeto sobre limites a doações para partidos

stf
 


A “reforma política” pretendida pela esquerda, deu um passo largo. O texto divulgado pela Agência Senado relata um episódio no qual um senador tentava proibir as doações de empresas para campanhas e foi prejudicado pela decisão do Supremo, que chegou primeiro e as proibiu antes. Seria cômico se não fosse trágico.

Observem:

O Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional qualquer doação de empresa a partido político ou candidato. A decisão deve levar a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) a declarar a prejudicialidade de projeto de lei (PLS 593/2015) do senador Lasier Martins (PSD-RS) sobre financiamento partidário e eleitoral. Essa recomendação foi feita pelo relator da proposta, senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE). O texto está pronto para ser analisado pela comissão.

Uma das pretensões do projeto era alterar a Lei dos Partidos Políticos (Lei 9.096, de 1995) para justamente proibir doações de empresas aos partidos. Valadares observou que, ao declarar a inconstitucionalidade desse tipo de doação, o julgamento do STF inviabilizou o projeto, acarretando sua prejudicialidade.

O relator também discordou da tentativa do PLS 593/2015 de fixar limites para as doações de pessoas físicas aos partidos. A intenção era limitar as doações de cidadãos ao fundo partidário em 10% dos rendimentos obtidos no ano anterior ao da eleição. Valadares avaliou como “inadequada” a fixação desse percentual.

Entendemos que tal percentual de dez por cento é adequado como limite para doações de pessoas físicas às campanhas eleitorais, até para evitar o abuso do poder econômico. Todavia, no caso de doação ao fundo partidário, que é um fundo público, destinado a prestar assistência financeira a todos os partidos políticos, com seus recursos distribuídos por critério objetivo de representatividade, parece-nos que esse limite de dez por cento não deve ser estabelecido”, opinou o relator no parecer.

Fonte: Agência Senado

Sobre o Colunista

Ricardo Roveran

Ricardo Roveran

Estudante de artes, filosofia e ciências. Jornalista, crítico de arte e escritor. Escrevo por amor e nas horas vagas salvo o mundo.

Twitter: @RicardoRoveran

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • Brasil ame o ou deixe -o!
    Ou ficar a pátria livre ou morrer pelo Brasil!
    A cobra vai fumar!
    Essas frases continuam no sangue dos Brasileiros verdadeiros.
    Vamos em frente com Bolsonaro!
    Feliz a nação cujo Deus é o Senhor!

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...